de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sábado, 16 Janeiro , 2010, 16:04
Há mais telemóveis que pessoas...


Usamo-los para tudo, usamo-los por tudo e por nada. Quando estamos à espera, quando estamos perdidos, quando estamos aborrecidos ou quando estamos contentes e queremos partilhar boas novidades. São despertadores e agendas. Leitores de música e computadores pessoais. Falamos com família e amigos, pagamos contas e vemos e-mails. Muito do nosso mundinho anda ali, concentrado naquele "aparelhómetro" mais pequeno que a palma da mão.

Os telemóveis chegaram há coisa de 17 anos e hoje questionamo-nos como era a vida sem eles. Gustavo Cardoso, sociólogo, chama-lhe "o ajudante privado nas tarefas do dia-a-dia" e, num estudo recente do Observatório de Comunicação (OberCom), concluiu que os jovens (principalmente as raparigas) destacam os telemóveis como o objecto sem o qual não conseguiriam viver, à frente da televisão e da Internet. Mas serão os únicos?

Ana Brito



Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 27 Agosto , 2008, 06:49


"No México, as operadoras de comunicações e bancos estão a implantar um sistema que permitirá fazer pagamentos (em restaurantes ou táxis, por exemplo) através do telemóvel. A tecnologia estará disponível já nos próximos meses. A ideia de usar o telemóvel para pagamentos não é, aliás, novidade. No Japão, é frequente usar-se o aparelho para fazer algumas compras. Em alguns países africanos, a escassez de agências bancárias faz com que o telemóvel seja o equipamento usado para muitas transacções. E há já algum tempo que a Nokia está a desenvolver protótipos com o objectivo de transformar um telemóvel numa espécie de cartão de crédito."


João Pedro Pereira


In PÚBLICO de hoje, 2.º caderno


Nota: Não há dúvidas sobre a importância dos telemóveis, na vida dos nos nossos dias. Tenho para mim que este aparelhozinho se transformou numa das mais extraordinárias invenções. De tal forma, que até está a gerar uma autêntica revolução social, com toda a gente a depender dele. Sair de casa sem o telemóvel, pode ser uma dor de cabeça para qualquer pessoa. Já agora, conheço uma jovem que é capaz de enviar mensagens, sem sequer olhar para o teclado do seu telemóvel.
FM



mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO