de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 15 Abril , 2010, 18:29

 

 

Luís Miguel Cintra fala de "Miserere"

e da dimensão espiritual no teatro

 

 

 

 “Eu, como encenador de um texto alheio, estou também a querer dizer qualquer coisa”, escreve Luís Miguel Cintra sobre “Miserere”, espectáculo que estreia a 15 de Abril no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.

"A sua qualidade literária é imensa, alguns dos seus versos são dos mais belos versos escritos em língua Portuguesa e é provavelmente aí que reside a sua resistência ao tempo e o que nele continua a atrair-nos. Retirá-lo do seu contexto religioso e, 500 anos depois, representá-lo num palco em contexto profano é uma violência e um risco", refere o texto de apresentação.

Nesta peça, a Alma é livre e responsável e joga o seu destino sob os nossos olhos, e daí a profundeza humana das cenas.

“Miserere” - palavra com que começa o Salmo 51 na Vulgata, uma das traduções latinas da Bíblia - é interpretado por Dinis Gomes, Duarte Guimarães, João Grosso, José Airosa, José Manuel Mendes, Luís Lima Barreto, Luis Miguel Cintra, Ricardo Aibéo, Rita Blanco, Sofia Marques e Vítor d´Andrade.

Em entrevista à Pastoral da Cultura, o encenador, actor e autor desta colagem de obras de Gil Vicente fala do Deus em que acredita, da relação com o público e da dimensão espiritual do teatro. E mais...

 

Ver entrevista aqui


Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 02 Fevereiro , 2010, 16:25

Uma peça de Joan Didion baseada nas suas memórias

«O Ano
do Pensamento Mágico»


“Sentam-se para jantar e a vida como a conhecem termina”. Na noite de 30 de Dezembro de 2003, Joan Didion e o seu marido, John, entram em casa depois de visitar a filha, internada. Joan e John sentam-se para jantar e eis quando, no silêncio que se instala, John morre de ataque cardíaco. Esta história mostra a profundidade que só as grandes relações têm e reflecte sobre a doença e a morte, sobre a probabilidade e o acaso, sobre a saudade e o amor. Uma Produção do Teatro Nacional D. Maria II, com encenação de Diogo Infante.
No sábado, 13 de Fevereiro, pelas 21.30 horas.


Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 27 Janeiro , 2009, 14:35


50 anos ao serviço do teatro e da cultura

O CETA (Círculo Experimental de Teatro de Aveiro) apresenta uma “Exposição Retrospectiva da Sua História” no Teatro Aveirense, que decorrerá até 15 de Fevereiro. Desta forma dá início às comemorações do seu quinquagésimo aniversário.
No dia 7 de Fevereiro, data oficial do seu aniversário, entre outras actividades, haverá um debate sobre a História do CETA e a sua importância como pólo de dinamização cultural, social e política para a nossa cidade, que decorrerá no salão nobre do Teatro Aveirense, às 18h30m.
A exposição pode ser visitada de terça a sábado, entre as 13 e as 20h.
tags: ,

mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds