de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 26 Outubro , 2008, 15:13
Campeões no pódium; Presidente da Câmara aplaude

Preparados para a partida

É PRECISO INCUTIR NAS CAMADAS JOVENS
O GOSTO PELO EXERCÍCIO FÍSICO


Decorreu hoje, na Gafanha da Nazaré, o 16.º Grande Prémio de Atletismo, da responsabilidade da Cooperativa Cultural e Recreativa e da Rádio Terra Nova. A coordenação técnica foi da empresa Sportis – Eventos Desportivos.
Foi uma festa ao desporto, concretamente ao Atletismo, pois contou com a participação de muitos atletas de todas as idades. Este ano, porém, o Grande Prémio Terra Nova contou com a novidade de nele participarem alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico do Concelho de Ílhavo, ao jeito do encerramento da Semana da Educação, que se desenrolou entre 20 e 26 do corrente mês.
Tenho uma admiração muito especial por este género de provas, sobretudo por envolverem atletas amadores, os tais que competem essencialmente por amor ao desporto. Aliás, na brochura de apresentação do Grande Prémio, sublinha-se “a consciência de que é preciso incutir nas camadas mais jovens o gosto pela prática do exercício físico”, sensibilizando-as “para a adopção de hábitos de vida cada vez mais saudáveis”.
Para mim, e para além do convívio que à volta do desporto se desenvolve, aqueles princípios valem perfeitamente o esforço que a organização despendeu. Também é salutar o envolvimento das autarquias. Nessa linha, o presidente da Câmara, Ribau Esteves, considera que esta iniciativa é “promotora de desenvolvimento desportivo e social do nosso Município, marcando a agenda do panorama desportivo da região". Por sua vez, Manuel Serra, presidente da Junta, congratula-se com a realização deste evento, pelo que ele pode proporcionar, “em termos de convívio, cultura, desporto e demais regras da convivência humana”.
Assisti a algumas provas e vi o esforço, carregado de entusiasmo, de muitos atletas. Em competição consigo próprios, tentando o máximo para se superarem, em luta leal e aberta com os outros atletas. Eram na sua grande maioria jovens. Outras, menos jovens, mostraram à saciedade que o desporto pode ser praticado por todos, das mais diversas idades, respeitando as regras da segurança e tendo em conta a saúde de cada um.
Apetecia-me registar os nomes dos atletas e dos dirigentes, técnicos, cronometristas e assistentes de pista e de metas. Mas como é impossível, permitam-me que frise aqui a chegada à meta de uma atleta que retrata fielmente o esforço e a vontade indómita de praticar desporto. Não interessa o seu nome nem o seu clube. Interessa, isso sim, a exaustão com que chegou em último lugar. Foi, decerto, um desafio às suas capacidades. Vinha com ar de esforço extremo. Quase a cair. Os bombeiros acorreram para a amparar. Mas ela chegou mesmo ao fim da prova. Momentos depois já sorria.

FM

mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO