de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 22 Março , 2010, 19:42

«A ajuda humanitária é uma fraude em termos gerais»

 

 

 

 

 No caderno ACTUAL do Expresso, José Mattoso, o nosso mais conceituado medievalista, afirmou, a propósito da sua estada como cooperante em Timor, estar desiludido «com a administração da ONU e com o dinheiro que gasta com funcionários». Depois estende a crítica a um grande número de ONG (Organizações Não Governamentais), adiantando que «A ajuda humanitária é uma fraude em termos gerais. Evidentemente que há gente muito generosa e competente, mas uma grande parte dessas organizações só serve para dar emprego». Refere ainda que «Dá a impressão de que ficam contentes cada vez que há uma catastrofezinha. É um bocado cínico dizer isto, mas infelizmente acho que é verdade».

 

Não é a primeira vez que registo tal opinião. Importa, portanto, que as autoridades que tutelam as ONG averigúem até que ponto é verdade o que se tem dito. Então não é correcto pensar que todos os voluntários das ONG ou a grande maioria  deles são pessoas que se entregam, sem outros interesses que não sejam o bem-fazer a quem precisa?

 

FM


mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds