de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 01 Junho , 2010, 17:49

 

 

Nos noticiários da manhã assisti a uma das muitas entrevistas que se fazem, por tudo e por nada, à volta da selecção de futebol, que tem estagiado na Covilhã. Normalmente os jornalistas falam com gente que é capaz de ver em cada jogador de futebol um deus. Mas desta vez bateram à porta errada.

O entrevistado, homem calmo e que, pelos vistos, não é um doente pelo futebol, não esteve com meias medidas. Denunciou os exageros que, como ele diz, não são precisos. Por que razão a nossa selecção de futebol precisa de ser protegida com dez polícias motorizadas à frente e outros dez atrás? Portugal não é nenhum país de terroristas. Também acho.

 

 

tags:

Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 31 Maio , 2010, 10:06

 

 

O sol está aí e as temperaturas começam a subir. Ainda bem que assim é. Por várias razões: o sol é fonte de vida e alegria; as férias para muitos estão à porta; todos precisamos de descontrair, com ou sem preocupações laborais; nem só de tristezas e aflições pode ser o nosso dia-a-dia; tem de haver vida para além das crises económicas.

Como a nossa vida é orientada e influenciada em grande parte pela comunicação social e pelos agentes económicos, sociais e culturais, é certo e sabido que vamos pôr para trás das costas os problemas intrincados, as angústias dos défices, as complicações das incertezas profissionais e tudo quanto nos possa incomodar.

As televisões e demais órgãos de comunicação social estão atentos aos fenómenos cíclicos que marcam os nossos passos neste mundo competitivo, porque sabem que dificilmente poderemos viver em stresse permanente. Vai daí, já começaram a preparar a festa. O Campeonato do Mundo de Futebol está aí. Tudo o que é drama vai hibernar. Por uns tempos, claro.

 

FM


Editado por Fernando Martins | Domingo, 09 Maio , 2010, 20:26

 

O Benfica acaba de vencer o Campeonato Nacional de Futebol. Parabéns a todos os benfiquistas que, durante anos, sofreram a angústia de ver o seu glorioso sem forças nem alma para chegar ao topo da Liga Profissional do Futebol.

Como vai ser garantido, Portugal vai vestir-se de vermelho para cantar vitória, ao mesmo tempo que os vencedores hão-de honrar os vencidos.

Para o observador independente do mundo do Futebol, porém, um grande vencido, tão digno como o Benfica, foi o Sporting de Braga que, sem investir os milhões que o campeão investiu, se quedou no segundo lugar.

Aplaudido o campeão deste ano, já se pensa no próximo campeonato. Vamos acreditar que em 2011 Portugal fique todo verde.

 

FM

 


Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 18:21

 

 

 

José Mourinho foi considerado o melhor treinador do mundo pela Associação Internacional da Imprensa Desportiva. No Futebol, também temos o Cristiano Ronaldo como um dos melhores do mundo. Já foi o melhor. Não falta quem garanta que a nossa selecção de Futebol também é das melhores do planeta, com capacidade para vencer o Mundial na África do Sul. É obra.

 

Este conjunto dos melhores na área do Futebol profissional deixa-me perplexo. Como é possível atingir tal nível no Desporto-Rei? Será que somos privilegiados física ou mentalmente, para que assim seja?

Deve haver uma razão genética ou sociológica para dar este resultado. Mas não atinjo…

E se isto é possível no Futebol, por que razão não acontece o mesmo ou semelhante noutros sectores? Dêem-me uma ajuda, por favor.

tags:

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 15 Abril , 2010, 19:47

«O Governo suspendeu a utilidade pública desportiva da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por um ano, usando como punição o cancelamento dos contratos de desenvolvimento da prática desportiva e de enquadramento técnico. Isto significa que, se a suspensão se mantiver por 12 meses, a federação e as associações distritais deixarão de receber cerca de 1,8 milhões de euros, o valor que estes contratos totalizaram em 2009, segundo números do Instituto de Desporto de Portugal (IDP), a que o PÚBLICO teve acesso.

A suspensão da utilidade pública desportiva deve-se ao facto de a FPF não ter adequado os seus estatutos ao novo regime jurídico das federações - as associações distritais, que vêem a sua representatividade na assembleia geral da federação reduzida de 55 para 35 por cento, opuseram-se à mudança.»

 

 NOTA: Podem chamar-me o que quiserem, mas tenho dificuldades em compreender estes subsídios, atribuídos a uma federação de gere tanto dinheiro. Não seria melhor a FPF prescindir destes apoios? Numa situação de crise, como a que vivemos, alguém do nosso país concordará com apoios desta natureza?

 

Veja mais aqui 


tags:

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 15 Abril , 2010, 18:48

Gente maculada e amachucada para toda a vida

 

António Marcelino

 

Dizia-me uma vez um Ministro da Justiça a quem eu perguntava como agir em situações de manifesta injustiça para os que cumpriam os seus deveres cívicos, que teria eu de me habituar a ver que “a honestidade paga imposto” e que “os beneficiados pelo fisco são sempre os que o aldrabam”. Veio-me à mente esta conversa ao tomar consciência da desonestidade corrente, nomeadamente em certa comunicação social, para perceber porque cresce o número dos desonestos. À sombra de que não se é obrigado a denunciar as fontes de informação, informa-se sem fontes ou sem se averiguar da seriedade das mesmas. Uma vergonha o que se está passando entre nós.

Há gente maculada e amachucada para toda a vida pela irresponsabilidade informativa. E desculpas não curam chagas.

Devemos à comunicação social a descoberta de muitas vergonhas que era preciso denunciar. Mas esta verificação não desculpa quem acha que vale tudo, mormente se está em mente vender papel ou conquistar publicidade em virtude das audiências.

A comunicação social é uma arma perigosa. Não pode andar por mãos irresponsáveis.

Na política, na religião, no futebol, os casos aumentam. Uma desconfiança ainda não provada logo gera um arguido, um culpado, um criminoso a abater.

Será que os fazedores de leis ainda não se aperceberem disto? Ou será que o clima de anarquia ética traz vantagens a alguém?

 

 


Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 08 Abril , 2010, 16:58

 

 

 

O Futebol dá muito dinheiro a muita gente, mas também haverá, nessa indústria, comércio ou espectáculo, quem ganhe muito pouco. É como em tudo na vida: uns comem tudo e outros chupam no dedo. Mas a comunicação social, atenta a tanta coisa, não revela a verdade do mundo do Futebol.


Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 16 Fevereiro , 2010, 10:43

Veja aqui uma equipa de futebol da União Desportiva Gafanhense, com craques de finais da década de 50 do século passado. A foto foi-me gentilmente cedida pelo Hortêncio Ramos.

Quem dá uma ajuda para os identificar?

tags:

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 29 Setembro , 2009, 16:38




1. O nosso Beira-Mar conseguiu a terceira vitória consecutiva. Após um início de campeonato negativo, o clube aveirense sobe ao 4.º lugar da Liga Vitalis. Nestas horas existem normalmente vozes disponíveis a encabeçar a argumentação dos triunfos. Mas o mérito estará em quem persiste nos bastidores e em quem procura incutir uma filosofia de trabalho. Os clubes de futebol de primeira linha, com os heróis tão novos em idade mas velhos em famas jornalísticas, são um labirinto onde os patamares da exigência navegam numa difícil fronteira. Apesar de… tal como não se duvida que a exigência de Pinto da Costa tem “feito” o Futebol Clube do Porto assim não se duvida que o treinador do Benfica tem conseguido os triunfos às custas do trabalho disciplinado.

2. De entrevistas do fim-de-semana desportivo – do mundo político os palcos foram outros! – destacava-se no que aos aveirenses diz respeito o papel do treinador dos beiramarenses, Leonardo Jardim. Fica claro, também no futebol local, que o método de trabalho, o rigor e a disciplina são a escola do triunfo. Regras, valores e princípios, não são assim algo de desprezível mas afirmam-se fortemente como potencial vencedor. Também esta fase do ano aos mais variados níveis, muito para além dos futebóis, poderá receber das quatro linhas esta matriz planificadora e rigorosa. A exigência, o querer progredir cada dia no sentido dos ideais e das causas que se sentem que são o caminho a seguir serão valores inultrapassáveis.

3. Mesmo que ao jeito social e polémico a verdade é que os treinadores (re)pararão a analisar os métodos de José Mourinho; relativizando as famas e passerelles, o certo é que os jogadores de futebol com futuro olharão para os métodos de trabalho exigente e inspirado de Cristiano Ronaldo. Não nos fiquemos pelo futebol, façamos a transferência para a vida social. Aos métodos para o triunfo não pertencerá a abstenção vencedora. Aliás, a campanha continua!

Alexandre Cruz

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 03 Setembro , 2009, 09:29
Gilberto Madail

"Gilberto Madail admitiu ontem, quarta-feira, ao JN, estar a equacionar elevar o montante do prémio de jogo, na hipótese de Portugal vencer a Dinamarca, adiantando, também, que poderá falar com Ronaldo sobre a polémica recente."

Esta é uma notícia interessante. Face, certamente, às más prestações da nossa Selecção de Futebol, repleta de bons jogadores muito bem pagos, a Federação resolveu dar volta à situação, aliciando os craques com uns prémios mais chorudos.... Talvez com mais dinheiro eles passem a jogar melhor. Se tal for verdade, é um escândalo. Não haverá, racionalmente falando, outras razões para o mau desempenho dos nossos jogadores? Só jogam bem, mesmo a sério, se lhe pagaram melhor?

FM
tags:

Editado por Fernando Martins | Domingo, 14 Junho , 2009, 20:29
O que tem feito o Cristiano Ronaldo
na Selecção Nacional?
Nada que se veja.
Será que a Federação Portuguesa
não lhe paga o devido?


Não gosto de me meter em coisas do futebol porque há muito deixou de ser um desporto, onde se jogava por amor à camisola. Hoje o dinheiro é rei e senhor num mundo dentro do mundo em que vivemos. Inclusive com leis e tribunais à margem do que existe para o comum o cidadãos.
No tal mundo os jogadores são vendidos e comprados como escravos dos tempos antigos. Com uma diferença: os tais escravos antigos não eram remunerados; os jogadores do futebol, agarrados à ideia de que a sua vida profissional é mais curta do que o habitual, ganham fortunas. Não serão todos, é certo, mas muitos, quando deixam o futebol, não precisam mais de trabalhar. Com isto, há clubes que vão à falência e outros que, por artes nem sempre claras, descobrem maneira de pagar somas fabulosas a alguns craques. É frequente ouvir-se dizer que o clube tal está falido, mas na hora das contratações o dinheiro aparece na mesma. Terminam o ano desportivo com dívidas aos milhões, mas a vida continua como se isto tudo fosse coisa normal.
Cristiano Ronaldo, até há pouco jogador do Manchester United, foi transferido por 94 milhões de euros para o Real de Madrid. Em Espanha, como em Inglaterra e em Portugal, e mesmo por toda a parte, há milhões de desempregados e outros tantos a passar fome. E por mais que o povo proteste e reclame medidas para debelar a crise económica e social, os Estados vêem-se e desejam-se para encontrar soluções, que garantam pão para a boca de imensa gente. E não conseguem descobrir a varinha mágica que, por encanto, dê trabalho a quem dele precisa. Mas para um jogador de futebol, o dinheiro aparece.
Pois o nosso compatriota Ronaldo, que marca tantos golos ao clube que lhe paga bem como muda de namorada a qualquer hora do dia e da noite (que exemplo para a juventude!), vai ganhar 211 mil euros por semana, ou seja, 1255 euros por hora. Ganha numa hora de sono mais do que a grande maioria dos trabalhadores portugueses durante um mês. E tudo isto perante a passividade da UEFA e da FIFA, organismos que superintendem nesta actividade escandalosa.
Confesso, como homem comum, que nem sei como hei-de classificar esta pouca-vergonha: se desonestidade social ou outra coisa qualquer. E mais curioso é que há muita gente a rir-se, porque o seu ídolo (que não o meu) vale isso e muito mais. Até pessoas que não têm onde cair mortas de fome deliram com as aventuras futebolísticas e amorosas do craque. Bem vejo a satisfação desses adeptos.
E mais: em países onde não se apoiam condignamente cientistas, artistas de vários matizes, instituições abertas a ajudar quem mais precisa, desempregados, esfomeados, sem-abrigo e empresas que caem na falência, por não haver dinheiro para ajudas, há milhões para uns tantos nos alienarem (eu não vou nisso) com o futebol.
Que mundo este, meu Deus.
Só mais uma ideia. O que tem feito o Cristiano Ronaldo na Selecção Nacional? Nada que se veja. Será que a Federação Portuguesa não lhe paga o devido?

Fernando Martins

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 29 Maio , 2009, 12:49

O diário L’Osservatore Romano elogiou o jogo limpo da equipa do Barcelona durante a final da Liga dos Campeões, em que venceu o Manchester United por 2-0. A partida disputou-se na última quarta-feira, em Roma.
Em artigo intitulado “Il calcio, finalmente” (O futebol, finalmente), o jornal louvou o comportamento do treinador da equipa espanhola, Pep Guardiola, os jogadores e os adeptos, ante “um ambiente muitas vezes castigado por polémicas exasperadas e violências criminosas”.
Leia mais aqui
tags:

Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 04 Março , 2009, 22:11

O presidente do Sindicato dos Jogadores de Futebol, Joaquim Evangelista, disse, na Rádio Renascença, que, face à actual crise económica, está em perspectiva o “fim da linha para alguns clubes”. Clubes sem capacidade para pagarem regularmente aos seus atletas, entre outras despesas, podem acabar no final da temporada.
É sabido que alguns craques ganham fortunas astronómicas e que, até em clubes modestos, há jogadores que auferem vencimentos muito superiores à média dos melhores vencimentos de qualquer técnico superior, de cientista ou profissional altamente qualificado.
A loucura e a irresponsabilidade de dirigentes e a ganância e as “jogadas” de outros tantos intermediários do mundo do futebol acabarão por destruir muitos clubes, arrastando na queda os jogadores.
É claro que eu não ando pelos meios futebolísticos para conhecer todos os seus meandros, mas não deixo de ler as notícias, de ouvir alguns comentadores e de tirar as minhas conclusões. Quem vive acima das suas capacidades económicas, tarde ou cedo cai no charco.

FM
tags:

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 10 Fevereiro , 2009, 18:07
Não percebo grande coisa de Futebol, mas sempre vou entendendo alguma coisa. Por exemplo, que os treinadores, sobretudo quando as suas equipas não ganham, são normalmente os maus da fita. E também sei que, como disse alguém há muito tempo, cá no nosso País, um treinador pode passar de "Bestial a Besta", de um dia para o outro. Um herói entre nós, conseguiu pôr Portugal de bandeira nacional a desfraldar ao vento, pespegada em todos os cantos, até apodrecer queimada pelo sol e esfarrapada pelos ventos. Foi para Inglaterra para ganhar muito dinheiro, e conseguiu. Despedido sem honra nem glória, receberá 17 milhões de euros, diz a comunicação social. Em tempo de crise, não será nada mau. Execelentes férias vai ter Scolari. Mesmo que, como treinador, tenha sofrido uma grande derrota moral. O Futebol é assim.
tags:

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 20 Novembro , 2008, 18:20

Face ao escandaloso comportamento dos jogadores da selecção portuguesa de Futebol, no jogo com o Brasil, o seleccionador nacional, Carlos Queiroz disse: "Todos têm e já tiveram oportunidade de mostrar empenhamento e atitude. Isto tem de servir de lição, de aprendizagem. Nós podemos tentar estimular e tentar chamar a atenção daquilo que é importante fazer. Depois compete, no momento certo, fazer e se não acontecer teremos naturalmente de tomar decisões para aquilo que é o significado de vestir a camisola da selecção."
Mesmo percebendo muito pouco de futebol, permito-me acrescentar que, no mínimo, os nossos multimilionários jogadores foram passear até ao Brasil. Que a triste figura que fizeram lhes sirva de lição, são os meus votos.

tags:

mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO
subscrever feeds