de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 06 Março , 2009, 16:37
A ampliação do aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, demorou o dobro do tempo a ser dada por concluída, havendo uma derrapagem de 100 milhões de euros, qualquer coisa como 32 por cento do valor-base. Chama-se a isto, em meu entender, um escândalo que, parece, faz parte da nossa "cultura" empresarial, a nível das Obras Públicas. Quem denunciou a situação foi o Tribunal de Contas. Mas que é "norma", em Portugal, lá isso é. E o mais engraçado é que ninguém é culpado. Será que os nossos técnicos, os que fazem os projectos e calculam os custos e o tempo de execução, ainda não aprenderam, com rigor, a fazer contas? Ou há manobras para alguns ganharem mais uns dinheiros?
:
NB: Entretanto, o ministro Mário Lino já veio esclarecer que tudo isto se ficou a dever a novas obras e alterações, em relação ao projecto inicial. Pergunta-se: Por que razão não se pensou tudo de uma vez, para se evitarem especulações e dúvidas? E por que motivo não informaram, atempadamente, o Tribunal de Contas?
FM

mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO