de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 07 Fevereiro , 2010, 21:46



A Universidade de Ciências Gastronómica de Pollenzo – Itália, entregou recentemente à Confraria Gastronómica do Bacalhau um diploma como reconhecimento pelo empenho desta instituição portuguesa no apoio aos jovens finalistas daquela Universidade que desde há cinco anos vistam Ílhavo, inseridos no projecto Viagem Didáctica.
Desde 2004 que os alunos finalistas da Universidade Italiana se deslocam a Portugal a fim de conhecerem a gastronomia nacional, sendo Ílhavo um destino onde os estudantes têm sido recebidos pela Confraria Gastronómica do Bacalhau, visitando o Museu Marítimo, o navio Santo André e empresas transformadoras de bacalhau, além de provarem as diversas ementas feitas com derivados de bacalhau e o bacalhau à posta.


O Museu Marítimo de Ílhavo também já foi alvo de reconhecimento pela Universidade Italiana, tendo recebido o título de Sede Didáctica pelo seu contributo na divulgação do bacalhau, da sua história e da gastronomia.
A Universidade de Ciências Gastronómicas, única no mundo no seu género, foi fundada pelo movimento internacional Slow Food em colaboração com duas regiões italianas. É um centro internacional de formação e investigação ao serviço de jovens de todo o mundo que durante os seus estudos, trabalham pela preservação da biodiversidade, por uma agricultura renovada e por uma relação entre a gastronomia e as ciências agrárias, tendo cursos para: gestores de empresas agrícolas, controle de alimentos, críticos gastronómicos, directores comerciais, marketing, editores de comunicação, entre outros.
A sede situa-se no Castelo de Pollenzo, património mundial pela Unesco, e tem um pólo universitário em Parma. Todos os anos os alunos finalistas visitam vários países onde procuram conhecer as gastronomias locais.


Fonte: Confraria Gastronómica do Bacalhau

Editado por Fernando Martins | Domingo, 24 Janeiro , 2010, 12:27



A Confraria do Bacalhau recebeu
mais de duas centenas
de confrades nacionais, espanhóis e franceses




O XI Capítulo da Confraria Gastronómica do Bacalhau teve início na Câmara Municipal de Ílhavo, no sábado, 23 de Janeiro, com a concentração das Confrarias e a recepção no Salão Nobre, onde usaram da palavra o Grão Mestre da Confraria do Bacalhau e Ribau Esteves, Presidente da Câmara, para saudar as Confrarias presentes, enaltecendo o espírito que anima estas instituições que se empenham na defesa e preservação das gastronomias nacional e regionais.
 A “Patanisca de Honra”, confeccionada pelo cozinheiro Jorge Pinhão, lembrou a todos os convidados que estavam na terra do bacalhau. Às 11 horas, na Capela de Nossa Senhora do Pranto, celebrou-se a missa solene, presidida por D. António dos Santos, Bispo Emérito da Guarda e antigo pároco de Ílhavo, tendo animado musicalmente a celebração a Música Nova de Ílhavo.
No Hotel de Ílhavo foi inaugurada uma exposição filatélica do ilhavense e docente da Universidade de Aveiro, Manuel João Matias, subordinada ao tema “Faina Maior” e de pintura do Confrade do Bacalhau e antigo Capitão da pesca, Manuel Correia.
O almoço teve como ementa derivados de bacalhau (pataniscas, bolos de bacalhau e carinhas), chora, e Bacalhau à Confraria, de autoria do Confrade Chefe Silva

Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 20 Janeiro , 2010, 17:24
Catedral de Barcelona (interior)

Confraria Universal del Bacallà de Espanha presente
no XI Capitulo da Confraria Gastronómica do Bacalhau em Ílhavo,
no próximo dia 23 de Janeiro


Das Confrarias Gastronómicas já confirmadas no XI Capítulo da Confraria Gastronómica do Bacalhau, vai estar presente a Confraria Universal del Bacallà de Barcelona. Esta Confraria espanhola foi fundada em 1200 e reconhecida como de grande importância para Espanha pelo rei Alfonso V (O Magnânimo) em 1447, sendo detentora de um túmulo no chão da Catedral de Santa Maria del Mar, Barcelona. Após algum tempo sem actividade foi “refundada” em 1986.
Esta Confraria Espanhola faz parte da organização do I Congresso Mundial do Bacalhau a decorrer em 2011, em Barcelona, juntamente com o Gremio de Bacallaners e a Fundação do Instituto Catalão de Cozinha. Na cerimónia de Entronizações, a Confraria Universal del Bacallà entronizará o Grão Mestre da Confraria do Bacalhau, João Manuel Madalena.


Antes de visitarem a região de Ílhavo (em especial o navio Santo André e o Museu de Ílhavo) os Confrades espanhóis visitam a cidade do Porto, seguindo para Coimbra, Fátima e Lisboa.
Também já confirmaram a sua presença as Confrarias do Bacalhau de Bordéus (França),  de Eibar (região Basca – Espanha) e do Queijo Manchego de Espanha.

Confrarias Portuguesas já confirmadas: Lampreia; Queijo Serra da Estrela; Tripas; Caco; Barco Rabelo; Panela ao Lume; Almas Santas da Areosa; Camonianos; Pinhal do Rei; Chanfana; Arroz e do Mar; Ovos Moles; Broa de Avanca; Moliceiro; Saiinhas;

Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 16 Dezembro , 2009, 12:54

Confraria dos Ovos Moles


Confrades do Bacalhau e dos Ovos Moles


Decorreu no passado sábado, em Aveiro, a apresentação da nova Confraria denominada de OVOS MOLES DE AVEIRO, que teve como confraria padrinho a de S. Gonçalo. Presentes oito confrarias gastronómicas e enófilas, além da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas e de muitos convidados .
No final das entronizações dos novos Confrades e dos Confrades de Honra, decorreu um cortejo que terminou no Museu de Santa Joana, com a distribuição de Ovos Moles por todos os presentes.

Editado por Fernando Martins | Domingo, 13 Dezembro , 2009, 18:44





XI Capítulo a 23 de Janeiro em Ílhavo

Decorreu no passado dia 11, no Hotel de Ílhavo, a Festa de Natal da Confraria Gastronómica do Bacalhau com a presença de todos os Confrades e respectivas esposas.
Momento de alegria e oferta de presentes foi também aproveitado pelo Grão Mestre, João Madalena, para anunciar a realização do XI Capítulo a decorrer no dia 23 de Janeiro.
A concentração das Confrarias será no Salão Nobre da Câmara de Ílhavo, seguindo-se a já célebre “patanisca de honra” e a missa solene na Capela da Nº. Senhora do Pranto, no fim da qual as Confrarias, em cortejo, dirigem-se para o Hotel de Ílhavo onde decorrerá a Entronização dos novos Confrades e dos Confrades de Honra.

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 14 Julho , 2009, 11:05
Assinatura do protocolo


No dia da apresentação pública da Regeneração Urbana do Centro Histórico de Ílhavo, feita pelo Presidente da Câmara, Ribau Esteves, no Centro Cultural, realizou-se, nas antigas instalações da Música Nova, a assinatura do protocolo entre a Confraria Gastronómica do Bacalhau, Câmara Municipal e Música Nova, no qual esta última cede à Confraria a sua anterior sede, situada nos Sete Carris, enquanto a Autarquia se compromete a manter a Música Nova nas antigas instalações da Escola Preparatória, junto ao Museu Marítimo, até à construção da Casa da Música, na antiga Escola Primária n.º1, na Rua Ferreira Gordo, onde ficará definitivamente a banda Ilhavense.
Presentes nesta cerimónia elementos da Direcção da Música Nova, dirigentes da Confraria Gastronómica do Bacalhau e o Presidente da Câmara.

Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 29 Junho , 2009, 23:29
Um aspecto da visita

FESTIVAL DO BACALHAU
- Jardim Oudinot, 19 a 23 de Agosto -

A Confraria Gastronómica do Bacalhau visitou recentemente o Museu do Vinho de Anadia, visita integrada no programa de actividades culturais e lúdicas da instituição gastronómica ilhavense.
Presentes alguns confrades, os quais foram recebidos por responsáveis do Museu, tendo visitado as salas da vinha, vindima, prova e vinificação, com a mostragem dos espumantes, das caves e adegas existentes na zona da Bairrada.
Também foi interessante ver os diversos artefactos que ilustram a evolução técnica da viticultura, que, para alguns dos confrades presentes, não foram novidades, havendo muitos utensílios ainda em uso nas suas propriedades.
O roteiro da Bairrada, a enoteca, a biblioteca e mediateca foram outros espaços visitados pelos confrades, além da colecção de 1400 saca-rolhas oferecidos ao Museu pela família do Comendador Adolfo Roque e das exposições de pintura, fotografia e escultura patentes na altura.
O almoço foi servido na sala de Restauração do Museu e como prato da região foi servido Leitão e espumante da Bairrada.
Esta visita dos Confrades do Bacalhau ao Museu foi aproveitada pela direcção para anunciar o próximo Festival do Bacalhau, que decorre no Jardim Oudinot, de 19 a 23 de Agosto, e cuja organização é formada pela Câmara de Ílhavo e pela Confraria Gastronómica do Bacalhau. Ainda foi anunciado que está para breve a concretização de um desejo de anteriores direcções, que é a existência de uma sede e o aparecimento de um espaço na internet.

Carlos Duarte

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 19 Maio , 2009, 19:39

Após a visita às regiões do Minho, Trás-os-Montes e Douro, alunos da Universidade de Ciências Gastronómicas de Pollenzo, Itália, estiveram na região, em visita de estudo, com o patrocínio da Slow Food Internacional, com sede em Bra, Itália, e que tem mais de 90 000 associados espalhados pelo mundo. Esta universidade recebe alunos de diversos países e neste grupo estiveram jovens do Japão, Áustria, Quénia, Equador, Suíça e Itália.
Esta foi a quinta vez que alunos daquela universidade visitaram Ílhavo, tendo estado no Museu Marítimo (instituição que, em 2006, recebeu, da Universidade Italiana, o título de “Sede Didáctica”), onde foram recebidos por dois funcionários do Museu e por uma delegação da Confraria Gastronómica do Bacalhau, com quem confraternizaram durante o dia, tendo-lhes sido oferecido, no bar Bela Ria, na Gafanha d’Aquém, um almoço da responsabilidade do cozinheiro Jorge Pinhão, que os brindou com bolos de bacalhau, carinhas fritas, pataniscas e Bacalhau à Confraria.
Seguiu-se uma visita às instalações da empresa de pesca António Ribau, na Gafanha da Nazaré, onde os jovens Italianos puderam apreciar as diversas transformações por que passa o bacalhau, desde o desembarque dos navios para a seca até à distribuição. O navio Santo André e o Jardim Oudinot foram outros locais da visita, terminando o dia em Aveiro onde estiveram nas salinas e na Apoma (ovos moles), antes de seguirem viagem para a região da Bairrada.

Carlos Duarte

mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO