de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 16 Julho , 2008, 16:17

 

O PRAZER DE CONVIVER

 

Com o corre-corre da vida, nem sempre temos tempo para conviver. Bem nos lembramos disso, mas vamos adiando o encontro sempre agradável com familiares e amigos, para momento mais tranquilo. Esse momento, se pensarmos com calma, pode ser nas férias. Porém, nem nessa altura conseguimos olhar para o lado para descobrir quem precisa da nossa atenção.
Façamos, então, o propósito de nas próximas férias dedicarmos algum do nosso tempo aos familiares e amigos, para pormos em dia a conversa eventualmente interrompida há anos.
Sem pressas, mais com a preocupação de escutarmos os outros, falemos de coisas agradáveis, recusemos a maledicência e apostemos no positivo. Olhemos para eles como gente que é capaz de partilhar connosco ideias que contribuam para um mundo melhor. Recordemos vivências experimentadas em comum, na certeza de que lembrar o passado pode ser reviver. Procuremos amigos isolados na sua solidão, talvez doentes e acamados, talvez esquecidos, talvez marginalizados e à espera de alguém que os oiça. Se isso acontecer, saibamos escutá-los generosamente para, a partir daí, conseguirmos recriar amizades que nos ajudem a ser mais fraternos e, por isso, mais cristãos.
As férias não podem ser somente um espaço de tempo exclusivamente para nós. É fundamental que saibamos dar para um dia também recebermos, decerto em duplicado. E como cristãos, temos de dar um sabor especial ao mundo que nos rodeia com os valores do Evangelho.
Saibamos, então, aproveitar todas as oportunidades para conversar, deixando fluir em nós os critérios de Deus, com toda a serenidade, compreensão e disponibilidade, porque é preciso reconquistar o tempo perdido com a vida a correr que temos levado.

FM

NOTA: Texto escrito há anos. Penso, contudo, que mantém a actualidade. Por isso aqui fica.
tags:

mais sobre mim
Julho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO