de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 08 Novembro , 2009, 22:45




O amor dos pais
deve ser o reflexo do amor de Deus

Começou a funcionar, na paróquia da Gafanha da Nazaré, uma escola para formação dos pais dos catequizandos do 1.º ano. Trata-se de um projecto inovador, criado por três casais da nossa comunidade atentos às questões educativas e à importância do envolvimento dos pais na catequese dos seus filhos. Foi de imediato aceite pelo nosso prior, Padre Francisco Melo, que considerou pertinente a proposta. Tem por título “Nós, Deus e os Filhos” e como objectivo máximo contribuir para que o amor dos pais pelos seus filhos seja o reflexo do amor de Deus.

Leia mais aqui

Segundo nos disseram Eduardo Arvins e Maria da Luz Nunes, um dos casais envolvidas nesta iniciativa, a ideia nasceu quando pensaram em ajudar a Igreja, numa área tão complexa e necessária, como é a formação das famílias cristãs e outras, todas, decerto, empenhadas na construção de uma sociedade mais fraterna, porque mais cristã.
Foram constituídas duas equipas formadoras, com quatro casais cada uma. Um casal coordena e três ficam encarregados de apresentar os temas que servirão de suporte à reflexão do grupo e do casal.
Os pais das crianças que entraram para o primeiro ano da catequese paroquial, todos convidados a participar, voluntariamente, num universo de 100 casais, vão debruçar-se, com a equipa formadora, sobre temas diversos, a saber: Complementaridade, tendo em conta a riqueza das diferenças entre homem e mulher; Redescobrir o Amor, olhando para os perigos das ameaças à conservação do amor conjugal; e Vivências Familiares, apoiando-se em experiências de amor filial, abertura à fraternidade e desenvolvimento da criatividade. Mais ainda: Autoridade dos pais, no respeito pelo exercício da mesma como um serviço à vida, por e para o amor; Recompensas e Castigos, tendo em consideração que a liberdade deve estar associada à responsabilidade; e Importância das Vinculações, como chave fundamental na cadeia das relações de natureza social e espiritual.
Estes encontros formativos prosseguem no próximos ano, para dois anos de catequese, e a seguir, que será o ano da Comunhão Solene, teremos na paróquia a formação para pais das crianças dos três primeiros anos.
Eduardo Arvins e Maria da Luz esclareceram que este contributo oferecido pela Igreja aos pais das crianças da catequese se insere numa dinâmica de ajuda às famílias na preparação condigna da festa espiritual, que é e deve ser a Primeira Comunhão, sabendo nós que muitos pais se ficam apenas pela festa, também importante, de um encontro familiar, com boda associada.
Como membros responsáveis da nossa comunidade paroquial, os casais que estão a implementar este projecto sabem que a educação e o acompanhamento dos filhos, na óptica cristã, parte do alicerce fundamental que é Deus e assenta nos valores ensinados por Jesus Cristo.
Como pais, e na altura da catequese das suas filhas, Eduardo Arvins e Maria da Luz sentiram necessidade de uma formação adequada, que os levasse a viver, em sintonia, uma espiritualidade própria e passível de se reflectir em toda a família. Sabe-se que o testemunho é seguramente mais marcante que muitas palavras, por mais escolhidas e ordenadas que elas sejam.
Também sublinharam que a família pode criar o espaço para o sobrenatural crescer, sendo certo que as figuras de Cristo e de Maria têm um papel essencial na cultura dos afectos e na abertura ao transcendente.
Ainda lembraram que a integração numa comunidade cristã, viva e dinâmica, é uma excelente oportunidade para se chegar à consciencialização da importância de uma identidade social, assente na Boa Nova de Jesus Cristo.
As reuniões de formação terão lugar em Outubro e Novembro, Janeiro e Fevereiro, e Abril e Maio, nas salas da igreja matriz da Gafanha da Nazaré. São encontros de uma hora, que terminam com um pequeno convívio. Há um serviço para acolher as crianças dos pais que participam nas diversas acções. Mais informações no Cartório.
Este projecto pode alargar-se a outras paróquias que o desejarem.

Fernando Martins


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


24



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds