de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 05 Outubro , 2009, 19:21
[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] $r>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/_edOTyb048mE/Sso41j3DMZI/AAAAAAAAMsc/6CH4nwvGr9M/s1600-h/bacalhaus.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img $r="true" border="0" src="https://1.bp.blogspot.com/_edOTyb048mE/Sso41j3DMZI/AAAAAAAAMsc/6CH4nwvGr9M/s320/bacalhaus.jpg" /></a><br /></div><div style="border-bottom: medium none; border-left: medium none; border-right: medium none; border-top: medium none; text-align: center;"><span style="font-size: x-small;">Pesca do Bacalhau</span><br /></div><div style="border-bottom: medium none; border-left: medium none; border-right: medium none; border-top: medium none;"><br /></div><div style="border-bottom: medium none; border-left: medium none; border-right: medium none; border-top: medium none;"><br /></div><div style="border-bottom: medium none; border-left: medium none; border-right: medium none; border-top: medium none; text-align: justify;">A Hora da Saudade, de que há meses falei no meu Pela Positiva, foi agora recordado pelo coleccionador António Rodrigues, no seu site <a href="http://www.cfeci.pt/sites/radiosantigosnoar/Curiosidades.htm">Rádios Antigos no Ar</a>. Tema para eu, como outros, reviver, porque o assunto, na época em que aconteceu, suscitava grande interesse. Hoje, praticamente, ninguém evoca a Hora da Saudade, que levava pelos ares a nossa voz emocionada e feliz, até junto de familiares que labutavam no alto mar por uma vida melhor para os seus. Leia mais <a href="http://galafanha.blogspot.com/2009/10/hora-da-saudade-no-radios-antigos-no-ar.html">aqui.</a><br /></div><div style="border-bottom: medium none; border-left: medium none; border-right: medium none; border-top: medium none; text-align: justify;"><br /></div>

Maria Marçal a 6 de Outubro de 2009 às 13:06
Amigo Prof. Fernando, ai como eu lembro a Hora da Saudade, nesse tempo de tanta falha de comunicação, comparado com os dias de hoje. Ainda agora procuro explicar que lá íamos nós crianças pela mão da nossa mãe; depois "as pessoas grandes" falavam para um aparelho, choravam e ouvíamos a voz do nosso pai e tudo era estranho. Mas ainda hoje, esses momentos estão guardados no meu "disco rígido" e são ainda pontos de referência. Foi bom ter encontrado aqui este tema. Vou andando que as minhas crianças já reclamam a minha presença. Bjs e até sempre

Anónimo a 8 de Outubro de 2009 às 10:54
Professor Fernando.
Ainda recordo bem cá no fundo aquelas noites em que íamos ao Salão Paroquial falar para aquele aparelho para comunicarmos com o meu pai e para os amigos. Eram horas de Suspense até chegar a nossa vez. Recordo bem patente na minha memória esses momentos que são inesquecíveis e dou-lhe os meus parabéns de trazer este tema para a ribalta.Continue e um abraço. Até sempre. Júlio Riço

mais sobre mim
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


19



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO