de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 27 Julho , 2009, 18:11
No jornal i, de hoje, há um texto que merece ser lido, sobretudo pelos carrancudos e pessimistas.



Há quanto tempo não se ri às gargalhadas?

Um dia, Madan Katuria, um médico de Bombaim, decidiu estudar a importância do riso na saúde. Reuniu-se com um grupo de amigos, num jardim da cidade, e juntos não faziam mais que contar piadas e rir. Só que a graça durou pouco tempo e o grupo foi diminuindo. Mas Madan não desistiu e encontrou a solução junto da mulher, instrutora de ioga: uma terapia nunca antes vista, chamada Ioga do Riso. A notícia espalhou-se, a ideia correu mundo e hoje existem seis mil clubes do riso por todo o globo.

Leia mais aqui
tags:

Donzília a 27 de Julho de 2009 às 21:48
Rir? Ah...isso é comigo! Todos os dias dou uma estrepitosa gargalhada quando ouço o Julinho (forma carinhosa com que trato o Dr Júlio Machado Vaz), no seu programa diário, na Antena1-O Amor é....
Com o seu sentido de humor apuradíssimo é difícil não dar uma sonora gargahlada!
Façam a experiência, às 9:20 da manhã de todos os dias e logo me dirão!
DA

mais sobre mim
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO