de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sábado, 08 Dezembro , 2007, 11:06

VI HOJE O MAR

Vi hoje o mar
Lindo mar da minha infância
No areal deserto
Na penumbra da tarde
Da minha memória

Senti hoje o mar
Lindo mar da minha infância
Nas ondas caídas
Na praia salgada
Da minha tristeza

Li hoje o mar
Lindo mar da minha infância
Na gente solitária
Na espuma branca
Do meu passado

Recordei hoje o mar
Lindo mar da minha infância
Nas tardes de leitura
Na areia macia
Da minha alegria

Revivi hoje o mar
Lindo mar da minha infância
Nas vagas soltas
Na vida vivida
Do entardecer
Fernando Martins
tags:

Anónimo a 11 de Dezembro de 2007 às 12:57
Porquê a minha revolta sem razão!?!!

Sempre contra quem dela está inocente!!!???

Será esse o preço de continua Paixão....?!!

Vou deixar o “devagar” invadir-me

E dou por mim a travar-me de razões!

Quero calma, quero docemente o Presente...

O que escrevo agora, o que vivo...

O que respiro, a água, o que se sente.

mais sobre mim
Dezembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9


26



arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO