de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 19 Junho , 2008, 16:47

(Clicar para ampliar)


Texto enviado ao IPPAR

Há tempos mandei-vos um mail pedindo que me informassem como seria possível recuperar o edifício classificado de interesse publico designado por «Forte da Barra de Aveiro».... Já recebi uma resposta a dizer que alguém me iria responder..... e até agora nada.... Faço essa pergunta porque me lembro, quando era director de um museu em Coimbra, de o IPPAR ter apoiado a recuperação de algum património em Coimbra....
A situação de ruína em que se encontra o «Forte da Barra», e pelo menos dois edifício do Estado perto dele, é simplesmente vergonhosa e perigosa... E ainda é mais vergonhoso quando ao lado do Forte se fazem grandes obras no «Jardim Oudinot», se construiu no local uma réplica de uma vigia sem qualquer interesse histórico e se espera em Setembro uma visita de uma regata de grandes veleiros históricos....
Lembro que o Forte da Barra tem uma história longa no período das fortalezas pirobalísticas.... existindo já a indicação de uma guarnição na zona no século XVI para protecção e controlo dos navios que fundeavam no local..... situação confirmada por dois achados arqueológicos encontrados nas escavações do terminal norte do Porto de Aveiro, a algumas centenas de metros do local e por um livro de acordos de Aveiro da época...
Infelizmente o Forte da Barra é o que nos resta de outros fortes existentes no litoral de Aveiro e de diversas vigias ao longo da costa .... das quais destaco a torre da «Senhora de Vagos», do início da nacionalidade, já desaparecida, e da «Senhora das Areias», em S. Jacinto, ainda existente como capela...
Penso que devia ser destruído todo o casario em ruínas que colaram ao Forte...... mantivessem a bateria rasa ainda existente..... recuperassem a antiga linha defensiva da tenalha com a pedra retirada da demolição.... fosse mantido o Forte como era no tempo em que tinha função de defesa.... e limpos os subterrâneos, fazendo-se algum trabalho arqueológico.
António Angeja

Anónimo a 20 de Junho de 2008 às 15:44
O autor deste texto foi director de que Museu em Coimbra?

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Junho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


25
26



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds