de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 07 Dezembro , 2008, 11:57

7 de Dezembro

Como manda a tradição, haurida na infância, hoje foi dia de montar o presépio na sala onde mais paramos e convivemos. Ao lado, ao jeito de Árvore de Natal, há uma planta, cujos ramos vão servir de abrigo ao Menino Deus. Com os enfeites nos seus lugares, fomos buscar o Menino que ficou, em repouso, durante o ano, na minha tebaida, num velho móvel de família, bem à vista de todos. O nosso Menino Jesus está vestido a rigor, com roupa feita há tempos propositadamente para Ele. E agora, ao ocupar o seu lugar no presépio, com Nossa Senhora e São José olhando-O embevecidos, o Menino vai estar atento a quem chega e a quem lhe dirige um sorriso, durante este Advento, na mira de receber d’Ele um ou outro recado de ocasião. Neste dia de montar o presépio, cultiva-se o gosto de beijar o Deus Menino.
– Mais logo, quando estiverem todos! – diz quem orienta os trabalhos.
tags:

Anónimo a 7 de Dezembro de 2008 às 16:30
Felismente que, ao invocar o Natal,
alguem o ilumina com o presépio, e não com um pai natal, invenção de uma qualquer bebida americana.
Parabens Prof. Fernando

Ângelo Ribau

Anónimo a 8 de Dezembro de 2008 às 00:31
Eu hoje estive aí e ninguem me de o Menino a beijar... mmm?!?.... mas reparei no presépio apesar de ñ o ter dito! ;)

mais sobre mim
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9


25
26



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO