de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 23 Novembro , 2008, 08:19

Há muito se diz que é melhor ser ex-ministro que ministro. O caso de Dias Loureiro, que saiu sem fortuna quando deixou o Governo e que logo a seguir enriqueceu, é paradigmático. E julgava eu, ma minha boa-fé, que não era assim. Não terá acontecido com muitos, mas é um caso dos que se serviram dos relacionamentos de ministro para subir na vida dos negócios, aparentemente com uma facilidade incrível. Uns contactos, umas viagens, mais uns amigos daqui e dali, e está bem feita a cama onde pode dormir descansado o resto da vida. Ele e a família.
Não tenho nada contra o ex-ministro Dias Loureiro, que sempre me pareceu um homem digno, sendo certo que, até prova em contrário, temos de o respeitar. Porém, depois da entrevista na RTP, já há quem o desminta, sobre a história dos contactos que manteve no BdP, por causa do BPN. A justiça dirá.
Vem isto a propósito de me habituar há muito à ideia de que cargos políticos são, para os vocacionados para isso, para servir a comunidade, como missão e contributo para o bem comum. Para servir, que não para ser servido. Mas, afinal, parece que não é bem assim. Daí o vigor com que muitos políticos se agarram aos “tachos”, como lapas à rocha dura. Para eles, a vida, fora disso, nem terá sentido. Continuo a ter dificuldades em aceitar estes comportamentos, embora admita que possa estar enganado.
Eu sei que o poder, pelos vistos, é aliciante. Há quem goste de estar na crista da onda, quem goste de ocupar cargos de chefia, quem goste de mandar e de impor as suas razões, e, ainda, quem goste de ficar na história, de preferência com busto ou estátua na praça pública.
Eu gostaria mais de ver políticos que cumprissem, com dignidade, os cargos para os quais foram eleitos, regressando às suas ocupações anteriores com toda a naturalidade deste mundo. E se gostassem de se dar à comunidade, haveria sempre um qualquer campo de intervenção tão importante como os cargos políticos. Não há por aí tantas instituições à espera de voluntários?
É claro que nem todos os políticos terão na manga a preocupação de enriquecer depois de regressarem a uma vida profissional normal. Nem todos enriquecem à custa dos cargos que desempenharam, mas começa a notar-se, infelizmente, que há uma certa vantagem em ser ex-ministro. Não será a maioria, mas, pelos vistos, há quem se aproveite.
Fernando Martins
tags:

Jorge Saraiva a 23 de Novembro de 2008 às 10:12
Caro Professor, além da ganância pelo cartão de crédito e pela viatura de alta cilindrada, que esses cargos oferecem, temos, infelizmente, uma grande incompetência para o cargo que se ocupa, mas infelizmente, não se verifica só nos altos cargos pois em simples cargos de chefia encontramos a incompetência e o desrespeito pelas pessoas e pelos objectivos do seu trabalho, que sendo um cargo público seria para servir o povo....

Anónimo a 23 de Novembro de 2008 às 15:27
Caro Fernando:
Falas de um, porque o caso foi "levantado". Se não tivesse sido, provavelmente nunca o saberiamos. Qual dos dois mente? Viremos a sabê-lo, com a justiça que temos? Mesmo neste momento um político qualquer estará a magicar como irá fazer a "cama", onde se irá deitar quando deixar de o ser.

Ângelo Ribau

Marieke a 23 de Novembro de 2008 às 21:36
Boa noite Professor Fernando
Sem palavras para mais este escândalo da nossa justiça...nasceu mais um BIBI este não é da Casa Pia.
Oliveira e Costa o Bibi das Finanças.
"Cadê os outros????...."
Um abraço
Maria

Anónimo a 24 de Novembro de 2008 às 09:16
O Oliveira e Costa é um oportunista. Aproveitou os cargos políticos para enriquecer ilicitamente depois. VIGARISTA.....LADRÃO.

Fernando Martins a 24 de Novembro de 2008 às 11:18
Meus caros

A sociedade obriga-nos a prestar atenção aos que nos servem. É dever de cidadania escolher os que se mostrem e sejam mais sérios. Mas também não podemos condenar ninguém, sem que a justiça se pronuncie. Denunciar situações é obrigação de todo o cidadão. Calar é pactuar.

Um abraço

Fernando Martins

mais sobre mim
Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13

21




arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO