de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 20 Dezembro , 2006, 12:25


TUDO DA COR DA NEVE...

Caríssimo/a:

E continua a chover. Seguramente que lá mais para diante, Janeiro fora, o tempo apertará e aparecerão as geadas e a neve 'na serra da Estrela'. Para quem vive nas 'cidades' só há bom tempo com sol esplendoroso e passamos a vida a queixar-nos do 'tempo', nós, os filhos do urbano - se chove, porque chove; se está calor, ... Aliás, salvo erro, já o nosso povo diz que 'o lavrador quer sol na eira e chuva no nabal'.
Basculhando apontamentos em outras arcas encontrei referências a tempos vários e outros que nos farão sorrir perante a nossa incredulidade e a nossa dúvida: pode lá ser?!
Vamos ver:

1938 - Jan - 11- Neva em Avanca.

" Caiu por aqui [Avanca] neve aos bocadinhos. Uma coisa como nunca tinha visto. Choveu neve aos pedacinhos, pareciam bocadinhos de algodão branco em rama. Via-se no céu tudo a mexer-se como que fossem 'boagens'. Ao outro dia estava a serra toda branca de neve. Muita gente bastante velha, nunca viram isto".
[Apontamentos de Maria José Costeira]

[Na agenda de Monsenhor Costeira:]

1941- Jan - 15
-"Um grande temporal assolou esta cidade (Évora), abatendo chaminés, telhados, muitas árvores e causando muitos desastres pessoais. Morreu um bombeiro e uma criança, várias pessoas ficaram feridas. Foi uma devastação nas árvores, telhados, etc.. Não há memória de tal ter sucedido há muito tempo."

16
-"Continua o mau tempo: frio e ventania forte. Foi o temporal de ontem um ciclone que assolou todo o país fazendo prejuízos incalculáveis. Não há memória de tal desgraça nesta geração. Foi muito pior que o de 16 de Janeiro de 1922."

17-"Está o trânsito interrompido em quase todas as linhas férreas do país, nas estradas, etc.. Não há telégrafo nem telefones. Só a rádio."

21
-"Recebi carta de minha irmã Maria, escrita em 16. Narra o que foi de trágica a tarde e a noite de 15. Em casa ruiu parte da chaminé, o telhado sofreu bastante e as laranjas caíram todas, ficando as folhas das laranjeiras como queimadas pelo fogo."

26 -
"Grande ciclone varre toda a região marinhoa.”

1942 - Jan - 11
-
“Em Évora, caiu um nevão que constituiu um espectáculo lindíssimo nas ruas, praças, telhados, jardins e campos. Para mim foi uma coisa nova. Fiz uma bola de neve, coisa que nunca tinha feito em minhas mãos."

Na esperança de 'melhores' dias fica o
Manuel

mais sobre mim
Dezembro 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15


26



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO