de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 13 Maio , 2010, 20:49

 

 

PS e PSD chegaram a acordo para salvar a face do país. A crise, sentida pelos portugueses e nem sempre clara no Governo, afinal existe mesmo. Sócrates, depois de chamado à pedra em Bruxelas, não teve alternativa: a solução aí está, com novo imposto sobre os salários dos portugueses, proporcionais aos rendimentos de cada um, mês a mês. Os que ganham pouco, pouco descontarão; os que ganham muito, muito descontarão. O problema não está aqui. Os que ganham muito, continuam bem da bolsa; os que ganham pouco, como poderão viver com menos dinheiro?

Pelo que ouvi, Pedro Passos Coelho, o líder social-democrata, reconheceu que esta era a única saída para responder à crise. Fez um grande sacrifício ao ajudar o primeiro-ministro e disso pediu perdão aos que o apoiaram. Mas garantiu que não havia saída possível.

Os dois maiores partidos, agora de mãos dadas durante ano e meio, sem no entanto haver “casamento”, entenderam-se. Ainda bem. E por que razões não o fizeram há mais tempo?

 

 FM

 

tags:

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 13 Maio , 2010, 10:48

 

 

 

 

 

Gostei de visitar a Feira do Livro de Lisboa. Trata-se de uma feira à medida de uma cidade grande. A nossa, a que se realza em Aveiro, fica a léguas desta que visitei ontem à tarde. Aqui, os editores e livreiros apostam forte no que expõem. Embora haja monos, como em todos os certames deste género, há uma gama variada de obras recentes e outras, mais antigas, que mantêm a actualidade. Não consegui apreciar tudo, mas deu para perceber que vale a pena passar por lá. Eu gostei e até comprei alguns livros, com melhores edições, para substituir obras que estão gastas pelo uso. SÓ, de António Nobre; OS PESCADORES de Raul Brandão;SERMÕES DE ROMA E OUTROS TEXTOS, do Padre António Vieira; e ainda A IGREJA NO TEMPO: HISTÓRIA BREVE DA IGREJA CATÓLICA, de Manuel Clemente, Bispo do POrto.

 

tags:

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 13 Maio , 2010, 09:01

Hoje de manhã vi que o n.º de 400 mil entradas tinha sido superado, graças, certamente, ao contributo dos meus muitos amigos e leitores. Como é lógico, tudo farei para que um dia, não muito distante, possa chegar à meta interessante do milhão.

Já agora, gostaria de receber sugestões  concretas. Obrigado.

 

Um abraço para todos

 

Fernando Martins

tags:

mais sobre mim
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

19




arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds