de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 23:32

É muito complicado tentar adivinhar ou afirmar quem foi para o céu e quem ficou à porta. Mas no i de hoje Juan Laboa Gallego quis ensaiar o desafio e escreveu um livro - "História dos Papas" -  sobre o tema. Já o tive na mão, mas ainda não o comprei. Pelo sim pelo não, talvez seja melhor nem o ler. Porquê? Porque posso sofrer algum desgosto. Se calhar é melhor ficar na ignorância... Sempre temos os nossos ídolos ou simpatias, a quem perdoamos muita coisa...

 

FM

tags:

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 18:21

 

 

 

José Mourinho foi considerado o melhor treinador do mundo pela Associação Internacional da Imprensa Desportiva. No Futebol, também temos o Cristiano Ronaldo como um dos melhores do mundo. Já foi o melhor. Não falta quem garanta que a nossa selecção de Futebol também é das melhores do planeta, com capacidade para vencer o Mundial na África do Sul. É obra.

 

Este conjunto dos melhores na área do Futebol profissional deixa-me perplexo. Como é possível atingir tal nível no Desporto-Rei? Será que somos privilegiados física ou mentalmente, para que assim seja?

Deve haver uma razão genética ou sociológica para dar este resultado. Mas não atinjo…

E se isto é possível no Futebol, por que razão não acontece o mesmo ou semelhante noutros sectores? Dêem-me uma ajuda, por favor.

tags:

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 18:04

 

 

 

 

«A União Europeia (UE) comemora domingo o Dia da Europa, este ano marcado pelo 60.º aniversário da "Declaração Schuman", que lançou as bases do que é hoje uma comunidade de 27 países.

 

 

 

As instituições europeias, em Bruxelas, Estrasburgo, França, e Luxemburgo, abrem as suas portas ao público, uma iniciativa que tem como objectivo aproximar a UE dos cidadãos e informá-los sobre o impacto que as políticas europeias têm na sua vida quotidiana.

Simbolicamente, o presidente do Conselho Europeu, Herman Von Rompuy, recebe neste dia o relatório "Projeto Europa 2030" das mãos do presidente do Grupo de Sábios que o preparou, Felipe González.

O dia é assinalado em toda a União Europeia (UE) com várias manifestações públicas.


Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 17:36

 

 

Não estará nas nossas mãos a ânsia de transformar o mundo?

 

 

 

Na primeira Conferência, a abrir a sessão, o Prior da Gafanha da Nazaré não olhou para o passado da nossa gente e da nossa comunidade. Há pouco tempo entre nós, preferiu confessar os seus sonhos a respeito da Igreja que desejaria ver instaurada nas nossas comunidades cristãs. Pena foi nem tempo haver para questionar o Padre Francisco Melo sobre como avançar em direcção a esses sonhos, numa instituição, como a Igreja católica, velha de milénios e carregada de tradições, algumas delas dignas de museu. Um pouco da sua mensagem fica aqui. A reflexão fica à espera.

 

«Sonho com uma Igreja desempoeirada, isto é, capaz de rezar o livro do génesis e os quatro evangelhos, em concreto as bem-aventuranças e o julgamento final, e aí redescobrir a força para reler e dar sentido aos caminhos recentemente trilhados pelas sociedades modernas: novas formas de entender a sexualidade, a vida familiar, a procriação, a clonagem, os desafios ecológicos, a aldeia global em que repentinamente nos encontramos a viver…»

 


Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 10:02

 

Ver e ouvir mais aqui

 


Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 09:55

 

 

Alexandre Cruz, Francisco Melo, Ribau Estes e Manuel Serra

 

Data Redonda: Uma oportunidade

para reflectirmos sobre a nossa identidade

 

 

 

“Gentes, Marés e Futuros” foram temas de fundo da primeira conferência que ontem se realizou no Salão Mãe do Redentor, com a participação de Manuel Serra, presidente da Junta, Ribau Esteves, presidente da Câmara de Ílhavo, e Francisco Melo, Prior da Gafanha da Nazaré. As Conferências Primavera, este ano integradas nas celebrações do Centenário da Freguesia e Paróquia, vão continuar, nas quintas-feiras de Maio, pelas 21 horas, com outros convidados.

No dizer de Alexandre Cruz, da organização, «uma data redonda», como a que estamos a comemorar, é sempre uma ocasião para «reflectirmos sobre a nossa identidade» e sobre a comunidade cristã, «como protagonista da construção do bem comum».

Esta primeira conferência contou com animação cultural do Rancho Regional da Casa do Povo de Ílhavo, marcando o sentido de comunidade mais alargada. No ano passado, actuaram instituições culturais da Gafanha da Nazaré, mas nesta segunda edição das Conferências Primavera será a vez de grupos da área concelhia se associarem a esta iniciativa.

Como resposta a quantos protestam contra a falta de acções de âmbito social e cultural entre nós, lembro que ontem não estava tanta gente quanto a organização esperava. Ganharam os que assistiram, porque saíram dali mais enriquecidos.

Cada um é livre de dizer o que pensa, mas perde toda a autoridade quando comodamente se divorcia do que se faz de importante na Gafanha da Nazaré. Tenho a certeza de que na próxima quinta-feira o salão Mãe do Redentor vai estar cheio.

 

NOTA: Dada a importância das intervenções de fundo, tenciono publicar por estes dias um texto alusivo a cada palestrante.


mais sobre mim
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

19




arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds