de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 20 Março , 2009, 18:55

HÁ TANTOS POBRES QUE RECLAMAM
PELO RESPEITO DOS SEUS DIREITOS


"Bento XVI e José Eduardo dos Santos discursaram em seguida, tendo o papa apelado à pacificação e afirmado que os angolanos "não se devem render à lei dos mais fortes", e à união de esforços da sociedade civil e Governo no combate à pobreza.
"Infelizmente, dentro das vossas fronteiras angolanas ainda há tantos pobres que reclamam pelo respeito dos seus direitos. Não se pode esquecer a multidão de angolanos que vive abaixo da linha de pobreza", disse o Papa.
Bento XVI, após o discurso de boas vindas do Presidente José Eduardo dos Santos, disse que é preciso a participação de todos no auxílio aos mais desfavorecidos.
"É necessário envolver a sociedade civil angolana inteira, mais forte e articulada e em diálogo com o Governo para dar vida a uma sociedade atenta ao bem comum", defendeu.
No discurso de boas-vindas, José Eduardo dos Santos agradeceu a intervenção da Igreja na conquista da paz."
Leia mais aqui

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 20 Março , 2009, 18:05
Quem somos nós para condenar quem quer que seja?

A notícia correu célere e muitos opinaram com desnorte. Criança morreu esquecida no carro do pai. Todos ficámos tristes. E mesmo sem conhecermos os pais da criança, cumprimos a nossa obrigação de estar com eles, não fisicamente, mas em espírito solidário. Mas não queremos nem podemos condenar ninguém, muito menos o pai. Quem somos nós para condenar quem quer que seja?
Sabemos que o Ministério Público já tomou conta do caso, na perspectiva de julgar o pai. Não creio que ele venha a ser condenado, pela simples razão de que não é um criminoso. Talvez obcecado pelo trabalho, tão normal nesta sociedade competitiva, pressionado por deveres profissionais, cansado de uma vida desgastante, que exige pressa e mais pressa, e fixado até à exaustão nas obrigações do quotidiano, entre outras razões, decerto determinarão a sua absolvição.
Todos estamos convencidos de que a sua pena está desde esse triste momento a marcar o pai para toda a vida. Não podemos, portanto, ocupar o lugar de carrascos, que mata de olhos vendados. Temos, isso sim, a obrigação de o ajudar a carregar, ao longo do tempo, este pesadelo que ninguém saberá explicar.
Daqui, deste meu recanto, associo-me à dor desta família, manifestando a minha mais sincera solidariedade cristã.

FM
Leia mais aqui sobre este assunto
tags:

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 20 Março , 2009, 15:09

A FONTE

Com voz nascente a fonte nos convida
A renascermos incessantemente
Na luz do antigo sol nu e recente
E no sussurro da noite primitiva.

Sophia de Mello Breyner
tags: ,

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 20 Março , 2009, 10:14

A noite tem um secreto encanto portador de um enorme desafio, como se pode ver no episódio de Nicodemos com Jesus. Ajuda-nos a mergulhar na face oculta da vida, abre-nos aos segredos mais íntimos, coloca-nos perante as interrogações maiores do espírito, leva--nos a assumir os apelos mais sérios da consciência. Traz-nos, de facto, uma excelente oportunidade para nos encontrarmos connosco mesmos na autenticidade mais genuína do nosso ser integral.

Assim aconteceu com Nicodemos, o judeu importante de Jerusalém que escolhe a noite para visitar Jesus e abrir o coração preocupado com problemas existenciais. Há coisas que não entende, apesar da sua reconhecida e brilhante cultura. É mestre e membro do grande conselho, simpatiza com a causa de Jesus e procura ajuda espiritual, quer clarificar a questão fundamental que o preocupa: Como pode alguém fazer-se um novo ser?

Jesus, que havia suscitado a pergunta, acolhe-a na sua intensidade e dá-lhe uma resposta cheia de sentido que desvenda horizontes completamente novos: A fé em Deus faz-nos ver com outro olhar, ter outra compreensão, abarcar outras dimensões, amar outras realidades, ser de outro modo, nascer a partir de dentro.

E a razão é simples, continua Jesus na versão de São João: O amor de Deus ao mundo, à humanidade desejosa de viver a autenticidade do seu ser original, a cada pessoa chamada à plena e equilibrada realização das suas legítimas aspirações. A prova indesmentível deste amor é a cruz – sinal da ignomínia dos criminosos condenados -, mas expressão máxima de quem enfrenta todas as hostilidades porque acredita no amor – fonte original de um mundo novo que urge recriar constantemente.

O crucificado revela este amor gratuito e “põe a nu” o que pode a injustiça humana, a força dos preconceitos e das manipulações, a aliança de interesses, a rede de influências, a facilidade em mudar de opinião, segundo as conveniências, o recurso a atitudes que desdizem da dignidade natural de todo o ser humano.

Em Jesus ressuscitado, o amor lúcido, fiel, altruísta, universal, misericordioso, terno, radical, apresenta o modo mais humano de ser pessoa e de conviver em sociedade, de descobrir o projecto de Deus e de viver ao “seu jeito”.

Georgino Rocha
tags:

Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 20 Março , 2009, 00:02
Praça Joaquim Melo Freitas

É já no próximo sábado, 21 de Março, pelas 15h, que na Praça Melo Freitas, em Aveiro, se vai realizar a primeira iniciativa do projecto "Se esta praça tivesse... 250 anos".
Este projecto é dinamizado pelos Amigosd'Avenida e desenvolve-se no âmbito das comemorações dos 250 anos da cidade de Aveiro. Pretende-se, deste modo, criar eventos de animação cultural, todos os sábados à tarde , das 15 às 17h, do início da Primavera ao fim do Verão. Entende-se que esta iniciativa pode ser uma oportunidade para ajudar a criar novos hábitos e práticas culturais e uma forma de mostrar a qualidade e diversidade de recursos culturais e artísticos que a cidade dispõe.
O programa da primeira sessão será dinamizado pela Oficina de Música de Aveiro e pelo CETA.
O projecto conta com o apoio da CMA (http://aveiro250anos.com) e foi incluido na programação nacional do Ano Europeu da Criatividade e Inovação (http://criar2009.gov.pt/calendario-oficial/projecto-se-esta-praca-tivesse-250-anos/).

mais sobre mim
Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds