de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 23 Março , 2008, 09:51

Hoje até me levantei mais cedo, porque é Domingo de Páscoa. Quis, e quero, aproveitar bem o dia, para contemplar a Ressurreição de Cristo, na certeza de que a vejo em tudo o que me envolve. Tanto nas coisas boas que sinto e pressinto, como nas coisas menos boas que possam acontecer. A alegria de crer num Deus, num Deus que se fez homem, para um dia e sempre se dar ao Pai pela nossa redenção, inunda-me a alma. Mas também creio que os que não crêem talvez vejam, na Páscoa dos folares com ovos, das amêndoas e do cabrito ou borrego assados no velho forno a lenha, uma festa de ressurreição que lhes alimente a esperança de um dia poderem experimentar a presença do Senhor da vida nos sinais da natureza que se renova, ano após ano.
Boa Páscoa para todos na alegria de Cristo Ressuscitado.

Fernando Martins
tags:

Editado por Fernando Martins | Domingo, 23 Março , 2008, 09:31

HOSSANA

Junquem de flores o chão do velho mundo:
Vem o futuro aí!
Desejado por todos os poetas
E profetas
Da vida,
Deixou a sua ermida
E meteu-se a caminho.
Ninguém o viu ainda, mas é belo.
É o futuro...

Ponham pois rosmaninho
Em cada rua,
Em cada porta,
Em cada muro,
E tenham confiança nos milagres
Desse Messias que renova o tempo.
O passado passou.
O presente agoniza.
Cubram de flores a única verdade
Que se eterniza!

Miguel Torga

In POESIA COMPLETA
Foto: Flor de Carlos Duarte
tags:

Editado por Fernando Martins | Domingo, 23 Março , 2008, 09:30

EDIFÍCIOS ESCOLARES NA GAFANHA

Caríssima/o:

Do que se tem dito facilmente se conclui que a Gafanha era terra mal amada pelas autoridades concelhias, pois quase todos os edifícios escolares funcionavam em construções que deixavam muito a desejar.
Assim escrevia o P. João Vieira Resende em 1940:

«Até hoje, em toda a Gafanha, apenas há quatro edifícios escolares próprios. As outras escolas têm funcionado em casas particulares, por arrendamento.
São os seguintes os edifícios próprios onde funcionam as escolas da Gafanha:
- Um na Gafanha do Carmo, com um só lugar para o sexo masculino, construído e doado ao Estado em 1925 por José Ferreira Jorge, para ali ser colocado o seu filho e actual Professor, Sr. José Cândido Ferreira Jorge.
- Outro na Gafanha de Aquém, com um lugar para o sexo masculino e outro para o sexo feminino. Foi construído e doado ao Estado em 1925 pelo falecido Professor de Ílhavo José Nunes da Fonseca, para ali ser colocada a sua filha, a Sr.ª D. Vicência da Conceição Fonseca. Em 1936, foi reconstruído pela Câmara Municipal de Ílhavo com a comparticipação do Estado. Tem um lugar para cada sexo.
- Outro no lugar da Chave, da freguesia da Gafanba da Nazaré, com um lugar para cada sexo, construído e doado ao Estado em 1921 (?) por António Carlos, para ali ser colocada sua filha e actual Professora, a Sr.ª D. Maria da Luz Carlos. Foi reconstruído em 1930 pelos Srs. Sebastião Lopes Conde e Manuel Carlos Anastácio.
- Um outro na Gafanha da Boa-Hora, com um lugar para cada sexo, construído em 1934 pela Câmara Municipal de Vagos.»
[MG, 211]

Curioso o desabafo que lhe escapou na página 206, em nota, e que lança uma confusão que se encontra desfeita acima:

«Arquivemos aqui a vergonhosa realidade de, ainda hoje, as três escolas da Gafanha da Encarnação funcionarem num acanhado e velho pardieiro de aluguer. Sempre abandonada! A Gafanha do Carmo tem edifício próprio para o sexo masculino, mandado construir pelo seu professor José Cândido Ferreira Jorge. Também no lugar da Chave, da Gafanha da Nazaré, Sebastião Lopes Conde e Manuel Carlos Anastácio mandaram construir um belo edifício para dois lugares de professor.»

Tão pouco se tem escrito sobre a Gafanha que estas linhas do Padre Resende soam como uma bênção, embora nos abram sorrisos descontraídos algumas das suas observações. Bom seria que se pegasse nas suas deixas e se construísse obra de raiz. Sei que não é fácil nem cómodo, mas é urgente!

Santa Páscoa!

Manuel

mais sobre mim
Março 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds