de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 04 Setembro , 2007, 17:07

D. Maria da Luz



Neste mês de Setembro, mês da tradicional Maior Idade/Viver Solidário, dedicamos a rubrica “A Nossa Gente” à D. Maria da Luz Rocha, que homenageamos pela sua história de vida e pelo trabalho desenvolvido em prol dos mais desfavorecidos.
Nascida a 17 de Novembro de 1922, a D. Maria da Luz completa este ano, sempre com um espírito jovem e alegre, o seu 85º aniversário.
Filha de comerciantes, abandonou os estudos após a conclusão da 4ª classe, devido às dificuldades financeiras dos seus pais. Depois de um namoro atribulado, casou aos 17 anos de idade, mas o infortúnio bateu-lhe à porta quando, passados apenas 12 anos, fica viúva com 4 filhos para criar, sendo que um deles ainda vinha a caminho.
Para poder sustentar o agregado familiar, decidiu ir trabalhar para o talho do pai, ocupando assim o lugar do falecido marido.
Sempre lutadora, a D. Maria da Luz nunca voltou as costas a quem lhe batia à porta, sobretudo mulheres desprezadas pela sociedade de então. Exemplo disso foi quando, em 1953, ajudou uma mãe solteira que não tinha onde morar, acolhendo-a em sua casa, onde vivia com os 4 filhos e os sogros. Já nesta altura a D. Maria fazia parte das Conferências de S. Vicente de Paulo, instituição que lhe deu a conhecer o caso.
E outros casos se foram sucedendo, parecendo outras jovens que necessitavam de ajuda e iam ficando, temporariamente, em sua casa até que se encontrasse uma instituição que as pudesse acolher.
Um certo dia, o Sr. Bispo da Diocese de Aveiro, tendo conhecimento desta situação, visitou a D. Maria da Luz no intuito de conhecer a sua casa, onde albergava algumas jovens, prometendo ajuda no sentido de transformar o espaço numa Instituição. Foi por intermédio do Bispo que surgiu o “Lar da Providência”, tendo, mais tarde, com o 25 de Abril e a abertura da Instituição às crianças, passado a chamar-se “Obra de Providência”, uma vez que deixou de ser Lar.
Actualmente, a Obra de Providência tem como valências a Creche, o Jardim-de-Infância e o Centro Comunitário Sénior. É neste último que ocupa a maior parte do seu tempo gerindo o trabalho desenvolvido por alguns idosos na recuperação de peças de vestuário e confecção de mantas, babetes, entre outras, que têm como destino famílias carenciadas, dando igualmente apoio na dinamização das diversas actividades de carácter lúdico, que propiciam momentos de convívio entre os utentes.
Apesar das dificuldades da vida, a D. Maria da Luz nunca baixou os braços, lutando contra preconceitos e continuando a sua missão de ajudar, tendo como filosofia a entrega ilimitada aos outros.
É assim, desta forma, que descobre que, em cada acto de dádiva, a verdadeira felicidade nasce quando uma mão se estende desinteressadamente em direcção a outra.
:
In “Viver em”, da CMI
:
NOTA: Toda a gente da cidade da Gafanha da Nazaré, e muito para além dela, conhece a D. Maria da Luz Rocha. Basta dizer D. Maria da Luz para se saber de quem se trata, tão marcante tem sido para todos nós a sua vida.
A homenagem simples que a Câmara de Ílhavo lhe prestou é inteiramente merecida, ou não fosse esta nossa conterrânea um exemplo para todos nós, pela sua intervenção na sociedade, sempre em prol dos mais desprotegidos.
Daqui me associo a quanto foi dito, formulando votos de que continue a testemunhar o viver cristão, que foi sempre, que me lembre, a sua grande preocupação.
F.M.

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 04 Setembro , 2007, 16:15

Cavaco Silva
considera federação
entre Portugal
e Espanha
uma ideia "absurda"


O Presidente da República, Cavaco Silva, classificou hoje como um "absurdo" a ideia da criação de uma federação ibérica entre Portugal e Espanha, defendida em Julho pelo Nobel da Literatura José Saramago.
"Basta conhecer a história de Portugal para dizer que essa hipótese é um total absurdo", respondeu Aníbal Cavaco Silva a uma questão colocada por uma jornalista da agência de notícias espanhola EFE.
O chefe de Estado falava durante uma conferência de imprensa no âmbito da sua visita ao Parlamento Europeu, reunido em sessão plenária, em Estrasburgo — a primeira das instituições europeias que visitou, seguindo ainda hoje para Bruxelas.
Saramago defendeu em Julho, numa entrevista ao "Diário de Notícias", a fusão entre Portugal e Espanha, sugerindo que daí poderia resultar um país designado Ibéria. O escritor de 84 anos, que reside há 14 anos na ilha espanhola de Lanzarote, considera que Portugal, "com dez milhões de habitantes", teria "tudo a ganhar em desenvolvimento" se houvesse uma "integração territorial, administrativa e estrutural" com Espanha.
:
Leia mais no PÚBLICO online
tags:

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 04 Setembro , 2007, 11:09
Um texto de Luís Santos

A SANTA DAS SARJETAS


A 5 de Setembro de 1997, o coração de Madre Teresa de Calcutá deu o último suspiro. Passados dez anos, a obra que a "santa das sarjetas" ergueu continua viva e o seu sorriso perdurará. Esta data ficará na história do século XX. Durante a sua vida, ela simbolizava o amor aos mais carenciados. Aquela frágil mulher tinha uma força inesgotável e colocava em prática as palavras do Evangelho: "Amarás o teu próximo como a ti mesmo" (Mt 22, 39).
Com o final do milénio à porta desapareceu a mulher que se entregou aos "mais pobres dos pobres" e deixou muitos corações desamparados. Uma paragem cardíaca, depois de várias pneumonias e crises de malária, "levaram" Madre Teresa. Viveu com o coração, o coração a matou. A humanidade perdeu alguém que, por nada ter nem poder, tinha toda a autoridade porque ninguém conseguia dizer não a um pedido que ela formulasse.
Calcutá chorou, provavelmente, como nenhuma outra cidade do mundo, a morte desta mulher que escolheu a gigantesca metrópole indiana para viver toda uma vida ao serviço daqueles que não tinham ninguém. "Era uma verdadeira santa admirada por todos os indianos, independentemente da sua religião" - sublinhavam os habitantes de Calcutá.
:
Leia mais na Ecclesia
tags:

mais sobre mim
Setembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds