de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sábado, 23 Dezembro , 2006, 14:26
A Virgem Gloriosa e as Sibilas
- Livro de Horas da Duquesa de Borgonha.
Museu Condé, Chantilly

ÚLTIMO NATAL
::
Menino Jesus, que nasces
Quando eu morro,
E trazes a paz
Que não levo,
O poema que te devo
Desde que te aninhei
No entendimento,
E nunca te paguei
A contento
Da devoção
Mal entoado,
Aqui te fica mais uma vez
Aos pés,
Como um tição
Apagado,
Sem calor que os aqueça,
Com ele me desobrigo e desengano:
És divino, e eu sou humano,
Não há poesia em mim que te mereça.



In "POESIA COMPLETA", de Miguel Torga

Editado por Fernando Martins | Sábado, 23 Dezembro , 2006, 11:26
Bento XVI defendeu que os crentes "devem opor-se a uma ditadura da razão positivista que exclui Deus da vida pública"



Papa diz que mundo muçulmano
deve respeitar os direitos humanos

O mundo muçulmano deve aceitar os direitos humanos e a liberdade religiosa, tal como a Igreja Católica foi pressionada a fazer no passado, defendeu ontem o Papa Bento XVI, no seu discurso de final de ano perante a cúria, que reúne todas as administrações do Vaticano.
"O mundo muçulmano encontra-se hoje perante uma missão particularmente urgente, muito semelhante à que foi imposta aos cristãos a partir da época do Iluminismo", disse Bento XVI.
Perante este desafio, os crentes "devem opor-se a uma ditadura da razão positivista que exclui Deus da vida pública", acolhendo "as verdades conquistadas pelo Iluminismo, que são os direitos humanos, nomeadamente a liberdade de fé e o seu exercício". Estes valores, sublinhou, "são os elementos essenciais para uma religião autêntica".
Três meses após a crise suscitada pelas alusões ao Islão durante uma palestra na Universidade alemã de Ratisbona, e três semanas depois da sua polémica viagem à Turquia, Bento XVI afirmou-se "solidário com todos os que, com base na sua convicção religiosa muçulmana, se empenham contra a violência e a favor de uma sinergia entre a fé e a razão, entre a religião e a liberdade".
:

Leia mais no PÚBLICO


Editado por Fernando Martins | Sábado, 23 Dezembro , 2006, 10:55

Relatos dos Evangelhos
na análise do Pe. Carreira das Neves

Posted by Picasa
Adoração dos Magos - Mestre do Sardoal.
Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

O NASCIMENTO DE JESUS

Jesus nasceu a 25 de Dezembro, foi dado à luz numa gruta, havia burros ou vacas a assistir, os magos eram reis e eram três, houve pastores a adorá-lo, fugiu para o Egipto? As respostas são dadas pelo especialista em Sagrada Escritura, Pe. Joaquim Carreira das Neves:
:
Todos os anos, ao celebrarmos o Natal de Jesus, nos encontramos com figuras e factos que evocam a memória desse Natal de há dois mil anos. Vivemos de memórias e somos uma memória viva. Não há história sem memória nem memória sem história. Ao lermos o Evangelho de S. Mateus, nos dois primeiros capítulos, cheios de encanto e significado, passam por nós os reis magos, a estrela, o encontro dos magos com Herodes, a adoração do Menino, a fuga para o Egipto, o massacre dos inocentes, o regresso do Egipto e a vinda para Nazaré, dois anos e tal depois de se refugiarem no Egipto.
Porém, ao lermos o Evangelho de S. Lucas, também nos dois primeiros capítulos, deparamos com figuras e factos completamente distintos dos de S. Mateus: o anúncio do nascimento de S. João Baptista a seu pai Zacarias, o anúncio do nascimento e Jesus a sua mãe, através do arcanjo S. Gabriel, a visita de Maria a Santa Isabel, o nascimento e circuncisão de Jesus no Templo de Jerusalém, juntamente com Simeão e Ana, o regresso da Sagrada Família a Nazaré, apenas uns quinze dias depois do nascimento, e, finalmente, o encontro de Jesus no Templo.
A apresentação destas figuras e factos tem um objectivo: fazer com que o leitor perceba que as figuras e factos narrados em S. Mateus não são os mesmos que em S. Lucas. De comum, os dois evangelistas só têm a conceição virginal de Jesus e o nascimento em Belém. Não seria mais normal que ambos apresentassem as mesmas figuras e factos?
:
Leia mais na ECCLESIA

mais sobre mim
Dezembro 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15


26



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds