de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sábado, 26 Agosto , 2006, 12:37



Não posso deixar de mostrar, hoje e aqui, a oferta de Laurinda Alves a todos os seus leitores. É uma oferta simples, como todas as que semana a semana apresenta na revista XIS, que acompanha o PÚBLICO aos sábados. Trata-se, neste caso, de um conhecido e bonito texto do Eclesiastes, do Antigo Testamento. Texto conhecido e bonito, mas também poético e oportuno, que nos é dado para reflexão. Aqui fica:

::::
O tempo de guerra é sempre um tempo inquietante, de dor e sobressaltos mas, também, de esperança.

Para tudo há um tempo,
para cada coisa há um momento debaixo dos céus

UM TEMPO PARA CADA COISA


Tempo para nascer,
e tempo para morrer;
Tempo para plantar,
e tempo para arrancar
o que foi plantado;
Tempo para matar,
e tempo para sarar;
Tempo para demolir,
e tempo para construir;
Tempo para chorar,
e tempo para rir;
Tempo para gemer,
e tempo para dançar;
Tempo para atirar pedras,
e tempo para juntá-las;
Tempo para dar abraços,
e tempo para apartar-se;
Tempo para adquirir,
e tempo para perder;
Tempo para guardar,
e tempo para deitar fora;
Tempo para rasgar,
e tempo para costurar;
Tempo para calar,
e tempo para falar;
Tempo para amar,
e tempo para odiar;
Tempo para a guerra,
e tempo para a paz.
::
(Ecl 3. 1-13)

Editado por Fernando Martins | Sábado, 26 Agosto , 2006, 09:48
::
IGREJA DE NOSSA
SENHORA DA NAZARÉ

::
Se vier à Gafanha da Nazaré ou por aqui passar, em dia de festa ou noutra altura qualquer, aconselho-o a visitar a igreja matriz. Foi restaurada há tempos, como dei nota neste meu espaço, com muito bom gosto e com muita dignidade, num esforço conseguido de recuperar os traços mais marcantes do passado, ligados a um estilo muito próprio desta região, dos finais do século XIX e princípios do século XX.
O arranjo interior apresenta-se ao visitante com sobriedade e com arte, mas também com preocupações de longevidade. Facilmente se vê que o trabalho feito com recurso a bons materiais se destina a algumas gerações.
Para além da antiga imagem da Padroeira, Nossa Senhora da Nazaré, todo o seu enquadramento, em talha dourada, merece uma atenção especial. Mas se o visitante se der ao cuidado de olhar com olhos de ver todo o interior, e mesmo o exterior, confirmará que vale a pena passar por lá, sem pressas.
F.M.

Editado por Fernando Martins | Sábado, 26 Agosto , 2006, 09:38

Universidade Católica promove curso online

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) oferece um curso online de turismo e património religioso a todos os que têm manifestado interesse por estes assuntos.
A iniciativa é da Faculdade de Teologia que pretende explorar as potencialidades da Internet com um curso como este, de pós-graduação, acessível a qualquer pessoa, esteja onde estiver.
As inscrições estão abertas até 15 de Setembro e podem ser feitas inevitavelmente pela Internet ou pelo telefone.

Editado por Fernando Martins | Sábado, 26 Agosto , 2006, 09:21

O herói de Cuba
e o inimigo americano

Desde que Fidel Castro adoeceu, sendo a sua saúde um segredo de Estado, multiplicaram-se os comentários sobre este dinossauro do comunismo. Com razão. Fidel é o líder político há mais tempo no poder em todo o mundo - desde 1959. Mas pouco se fala da surpreendente popularidade que este ditador ainda conserva no seu país.
Se já era estranho existir há tantos anos uma ilha comunista a menos de 250 quilómetros dos Estados Unidos, ainda mais curioso é o comunismo cubano ter sobrevivido ao colapso do seu protector, a União Soviética. Fidel escapou a dezenas de tentativas para o assassinar (muitas delas gizadas pela CIA) e a vários planos de intervenção militar externa para mudar o regime, o mais célebre dos quais culminou no fiasco da Baía dos Porcos em 1961.
A brutal repressão interna do regime cubano explica parte da sua longevidade política. Mas não explica que a aceitação do tirano Fidel em Cuba seja ainda hoje apreciável. Nada que se compare, por exemplo, à descrença e ao cinismo desencantado que prevaleciam nos anos 70 e 80 nos povos europeus sob o império soviético.
:
Leia mais no DN

mais sobre mim
Agosto 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15




arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds