de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 09 Agosto , 2006, 05:20

Artistas ilhavenses
esperam por si

Com uma larga tradição na cerâmica e na porcelana, devido à implantação da Fábrica Vista Alegre no ano de 1824 naquela localidade do Concelho, existe uma grande quantidade de pequenos ateliês de pintura à mão, em porcelana.
Estes artesãos adquirem a porcelana branca e fazem pequenas maravilhas decorativas. A sua principal incidência geográfica está concentrada no próprio lugar da Vista Alegre, onde o seu museu justifica uma visita. Poderá, porém, encontrar estas maravilhas um pouco por toda a cidade de Ílhavo.
Em férias ou fora delas, não deixe de procurar e de conhecer os artistas ilhavenses. Verá que vale a pena.


Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 09 Agosto , 2006, 05:05


::
Museu Marítimo de Ílhavo: Ex-voto ao Senhor dos Navegantes. Pintura popular do século XIX. Mais um bom motivo para passar pelo Museu de Ílhavo, onde há sempre algo de importante para ver e admirar. Aproveite. As férias também são para isto.

Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 09 Agosto , 2006, 04:43

Santiago de Compostela:
um caminho
de descoberta de Deus

O caminho de Santiago de Compostela tem ganho um grande dinamismo. Diz, quem já o fez, ser um caminho de reconversão e descoberta. O ano de 2004 foi ano de São Tiago.
Com o objectivo de chamar a atenção para este Ano Santo, a Associação Espaço Jacobeu, entretanto formalizada como associação católica, formou-se e muitos são os que a procuram. As principais preocupações variam consoante a altura mas são principalmente "sobre o caminho português, sobre o apostolo São Tiago, sobre o fenómeno em si. No Verão, o maior contacto é já feito por pessoas que desejam partir para a peregrinação, pedem a credencial do peregrino (documento a apresentar durante o caminho de Santiago, que a associação gere e distribuiu), procuram saber dos albergues, como fazer uma mochila...", afirma Amaro Franco da associação. E acrescenta: "estamos disponíveis via Internet, por telefone e também nos pontos de convívio que habitualmente organizamos."
Este fenómeno gera curiosidade também em alguns grupos não católicos, que querem fazer a experiência do caminho e procuram informações sobre quem era São Tiago, o porquê do caminho e o seu lado mais histórico ou cultural.
O objectivo é preparar pessoas para fazer a peregrinação. Desde o início, perceberam o receio de alguns em fazer o caminho sozinhas. "Tentamos encaminhar as pessoas. A própria associação promove uma peregrinação mais profunda com o lema "Não passes pelo caminho, deixa antes que o caminho passe por ti, com grupos mais pequenos", onde se privilegia não os quilómetros percorridos por dia mas antes os quilómetros percorridos interiormente.
Refere que têm "algumas dificuldades em estabelecer os grupos, porque tentamos que todas as peregrinações sejam acompanhadas por guias voluntários, pessoas que já tenham feito o caminho, mas é difícil encontrar pessoas disponíveis".
Reconhce, no entanto, que o trabalho tem sido frutífero. "Temos testemunhado o surgir de vocações no caminho e é interessante constatar um despertar religioso por parte de muitos", aponta Amaro, que finaliza, dizendo, que "o caminho é cristão. Apoiamos quem nos procura, mas consideramos que este pode ser um caminho de pré e de nova evangelização, um caminho de descoberta de Deus".
Para mais informações consultar www.jacobeus.web.pt
:
Fonte: Ecclesia

mais sobre mim
Agosto 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15




arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds