de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 27 Agosto , 2009, 11:30


Fim de Agosto. Com ele vem sempre a angústia para milhares de professores do nosso país. Nunca sabem se serão colocados e onde. Se ficam na mesma escola ou se são atirados para longe. Se o que ganham dá para as despesas e se vale a pena abandonar a família, simplesmente para subirem uns pontos na lista, na esperança de um dia se aproximarem da sua residência habitual, junto dos seus.
Nunca senti na pele e no espírito situações dessas, nem sequer imagino o sofrimento que isso provoca. Nunca soube o que foi viver na dúvida profissional e na incerteza de ter ordenado. Nunca experimentei abandonar a família para garantir o sustento. Portanto, tenho algumas dificuldades em me pôr no lugar dos professores deste tempo. Também não sei, com rigor, como é nos outros países da UE, os que estão connosco no mesmo barco. Só sei que não é humanamente aceitável, numa democracia que prega a justiça social, viver uma realidade, ano a ano repetida, de angústia sufocante. No final do mês de Agosto.

Fernando Martins

mais sobre mim
Agosto 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO