de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 13 Maio , 2010, 20:49

 

 

PS e PSD chegaram a acordo para salvar a face do país. A crise, sentida pelos portugueses e nem sempre clara no Governo, afinal existe mesmo. Sócrates, depois de chamado à pedra em Bruxelas, não teve alternativa: a solução aí está, com novo imposto sobre os salários dos portugueses, proporcionais aos rendimentos de cada um, mês a mês. Os que ganham pouco, pouco descontarão; os que ganham muito, muito descontarão. O problema não está aqui. Os que ganham muito, continuam bem da bolsa; os que ganham pouco, como poderão viver com menos dinheiro?

Pelo que ouvi, Pedro Passos Coelho, o líder social-democrata, reconheceu que esta era a única saída para responder à crise. Fez um grande sacrifício ao ajudar o primeiro-ministro e disso pediu perdão aos que o apoiaram. Mas garantiu que não havia saída possível.

Os dois maiores partidos, agora de mãos dadas durante ano e meio, sem no entanto haver “casamento”, entenderam-se. Ainda bem. E por que razões não o fizeram há mais tempo?

 

 FM

 

tags:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

19




arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds