de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 11 Abril , 2010, 09:37

PELO QUINTAL ALÉM – 16

 

 

O PINHEIRO

 

A

Mestres

Manuel Maria Bolais Mónica

Manuel da Rocha Fernandes Júnior

Manuel Soares Sardo

                                         

Caríssima/o:

 

a. Também sou dos que pensam que o pinheiro liga bem com Natal e, no íntimo, reservava-lhe esse cantinho para o fazer surgir com o máximo de fulgor.

Só que, nesta semana da Páscoa, o pinheiro impôs-se e quase exigiu que o mostrasse pois era a sua melhor altura. De viagem, numa ligeira subida, dou de caras com uma mancha de pinheiros todos floridos, mesmo a provocarem-me! Por várias vezes foram os eucaliptos que me atraíram para as suas flores discretas; mas agora bem iluminadas pelo Sol, as flores eram outras, de um castanho lustroso. E pensei: “será que os do nosso quintal também estão cheios de flores?”

Transposto o portão a dúvida virou evidência: apesar de baixos e de relativamente novos, estão cobertos, desfeitos em flores!

 

e. Não pude verificar porém, nas crastas da Gafanha e na Floresta Nacional, certamente a oferenda se repete numa promessa de pinhas pejadas de pinhões!

Será que os mais novos distinguem os pinheiros na paisagem?

Sim, que os da minha geração se recordarão dos pinhais que bordejavam a nossa Gafanha, ali para os lados da Mata...

 

i.  E o pinheiro é das árvores mais ricas que temos, ou melhor, tínhamos. Tudo nele se aproveita; ele é a caruma, as bicas, ele são os ramos, ele são as pinhas, ele são os pinhões, ele são os troncos, ele são os cepos, ele é a resina... Planta que de tão pródiga nos fazia sorrir quando os mais velhos cantavam bem cadenciado o seu fado: desde o berço... até à tumba...passando pela cama, mesa, cadeira… e por que não pela quilha, caverna, tombadilho, porão ou mastro?...

 

o. - Pinho, planta que age de forma expectorante, principalmente quando utilizada em chás, muito eficaz; e as propriedades do pinheiro bravo recomendam o seu uso para resfriados brônquicos ou doenças respiratórias como rinite, sinusite, faringite, gripe,  laringite, traqueíte, bronquite, asma...

 

Contudo, teremos de falar da grave doença que o enferma, definha e mata: o nemátodo! Ataca o sistema de circulação da árvore, enfraquecendo-a e tornando-a mais susceptível ao ataque de outras pragas. Urge tomar medidas que nos permitam continuar a acariciar a forma amiga do pinheiro.

 

u. O pinheiro é usado como símbolo do Natal e daí as muitas lendas que lhe ornam a sua copa.

 

"Lenda do Pinheirinho de Natal"

 

Segundo a lenda, existiam três árvores próximas do estábulo onde nasceu o Menino Jesus: uma oliveira, uma tamareira e um pequeno pinheiro.

Para saudar a chegada do Menino, a oliveira ofereceu azeitonas, a tamareira as suas tâmaras, não tendo o pobre pinheiro nada para oferecer.

No céu, as estrelas, vendo a tristeza do pinheirinho desceram, pousaram nos seus ramos, enfeitando-o.

O pinheirinho ofereceu-as, a Jesus, como presente.

Assim nasceu a árvore de Natal.

 

O pinheiro é o emblema da boa sorte e da longevidade, simbolizando também  o companheirismo do amor.

 

E quem está aí que ainda se lembre destes versos dos nossos livros da instrução primária?

 

Talvez soalho de casa

Talvez caixão ...Talvez berço

Para um menino embalar.

Será talvez isso tudo...

E depois?Em que há-de dar?

 

Terminemos com um soneto que nem todos conhecerão...

 

À Tua Porta Há um Pinheiro Manso

 

À tua porta há um pinheiro manso
De cabeça pendida, a meditar,
Amor! Sou eu, talvez, a contemplar
Os doces sete palmos do descanso.

Sou eu que para ti atiro e lanço,
Como um grito, meus ramos pelo ar,
Sou eu que estendo os braços a chamar
Meu sonho que se esvai e não alcanço.

Eu que do sol filtro os ruivos brilhos
Sobre as louras cabeças dos teus filhos
Quando o meio-dia tomba sobre a serra...

E, à noite, a sua voz dolente e vaga
É o soluço da minha alma em chaga:
Raiz morta de sede sob a terra! 


                 

 Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas"

 

 

Manuel  

 


mais sobre mim
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO