de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 10 Março , 2010, 17:41

 

A arte terá nascido como expressão da vida, dos sentimentos e das emoções. É uma forma de comunicar por excelência. E quando está na rua, se quem passa tem o mínimo de sensibilidade, não pode deixar de lhe  tocar na alma. Este cubo, que pode ser apreciado na Praça da República (ia a escrever José  Estêvão), com a sua fisionomia petrificada, como que a esquivar-se do colorido das faces laterais, está no sítio certo. Por lá passa muita gente. Muita gente que nem tempo tem para olhar.

tags:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds