de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 21 Fevereiro , 2010, 12:45

  

 

 

“Guerra Peninsular — Invasões Francesas”

 

por Fernando Martins

 

 Em Agosto de 2009 foi publicado mais um livro de Mons. João Gonçalves Gaspar, Vigário-Geral da Diocese de Aveiro. Guerra Peninsular — Invasões Francesas é uma obra que aborda a participação e consequências das Invasões Francesas na região aveirense e para além dela. Diz o autor a propósito deste livro: «Com este modesto trabalho, desejo prestar sentida homenagem a todas as vítimas de horríveis crueldades, que lutaram, sofreram e morreram por Portugal, durante a “Guerra Peninsular”.» E adianta: «… mas também estou certo de que, com o seu sacrifício, colaboraram para a vida, a liberdade, o ressurgimento e a independência da nossa Pátria — ditosa mãe de tais filhos!»

A primeira impressão que me ficou garante-me a oportunidade deste livro, já que a tendência do comum das pessoas tende a situar-se quase só na história recente, esquecendo por completo todo o esforço de quem construiu o nosso País ao longo dos séculos, mesmo quando os nossos antepassados mais próximos foram protagonistas de acontecimentos relevantes.

 

 

 

 

Mons. João Gaspar não se limitou a compilar notas históricas do que aconteceu, a partir das lutas então travadas, com importância para as nossas terras. No Preâmbulo situa os seus leitores no tempo, indicando as causas que levaram Napoleão Bonaparte a invadir Portugal, sem esquecer a atitude do Governo português e dos seus aliados, em que se destacou a Inglaterra.

Depois, com riqueza de pormenores, porventura esquecidos por muitos de nós, descreve as três invasões, salientando o que nos diz mais directamente respeito. E com sentido também pedagógico lembra a intervenção do bispo aveirense, D. António José Cordeiro, e demais clero, nas exortações que dirigiram ao povo, tendo em vista a defesa da honra e dos interesses da Pátria e da Igreja.

Guerra Peninsular — Invasões Francesas veio na hora da celebração da segunda invasão francesa, «a qual teve momentos trágicos e actos de heroísmo no norte de Portugal, desde o rio Minho até ao rio Vouga», tal como sucedeu com as outras duas incursões das tropas napoleónicas, em que se registaram “confrontos, batalhas e escaramuças militares, mas também pilhagens e massacres horrendos», como refere Monsenhor João Gaspar.

A edição é da Diocese de Aveiro, sendo a capa de Jeremias Bandarra. O livro apresenta-se em bom papel, com inúmeras ilustrações a cores, do autor, da rede global e de Nuno Marques.

  

tags:

mais sobre mim
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO