de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 21 Agosto , 2008, 10:00

Planura alentejana

Na planura alentejana
se reflecte o braseiro escaldante
de um verão sem vento

Rebolam anseios de fugas na tarde longa
onde estendo
lentamente
um grito dolente
para além de horizontes que não alcanço
nesta tarde calmosa de Agosto

Na planura amortecida em sono de estio
vai renascer cada manhã fresca
cândida e leve
a paz sonhada
em cada madrugada

Na planura ressequida do Alentejo
tão esquecido
há-de voltar aos olhares
de quem passa
a esperança de vida nova
sempre tão apetecida

Agosto de 2008

Fernando Martins

mais sobre mim
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO