de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 15 Novembro , 2009, 19:17



Acerca da diabetes

"Menos sal, menos açúcar, mais saúde!" 
 lia-se em grandes caracteres,  naquele poster afixado na parede

Foi no seu périplo pelo país, no exercício da sua profissão docente, que fez uma paragem por terras de José Régio. À memória acorrem, imediatamente, os versos que na sua colectânea de textos de “Língua e História Pátria”, desde menina, a haviam cativado. Pelo ritmo, pela musicalidade. Recitava-os mentalmente, sempre que o nome dessa localidade vinha à baila, ou quando, naquele ano, passava junto à antiga moradia do poeta. “Vila do Conde espraiada, entre pinhais, rio e mar Lembras-me Vila do Conde, Já me ponho a suspirar!”
Foi numa zona piscatória, as Caxinas, com um contexto social muito semelhante à nossa Costa Nova, que passou um biénio da sua longa peregrinação
Os alunos eram vivos, muito participativos e tinham a correr-lhes nas veias, a força do mar. Mas, tal como o mar, tinham o encanto e a beleza das grandes forças da natureza. Exigiam muito do professor, mas quando este chegava até eles, tinha-os completamente nas mãos. Eram vivaços e aventureiros e já tinham a sabedoria que as asperezas da vida conferem. Um dia, até surpreenderam a teacher, ao oferecerem-lhe ali, de mão beijada, um punhado de “beijinhos”!
Foi na escola destes Caxineiros, que a observação daquele slogan haveria de marcar a professora para o resto da vida. De forma incisiva e fácil de memorizar, se fazia a apologia de uma vida saudável, sem soar a proibição! Teve muito mais impacto a conjugação daquelas palavrinhas simples, numa espécie de raciocínio matemático, - por – dá +!
A sua relação com a Matemática, com os números, nunca foi muito chegada, o que já aqui ficou patente, nunca lhe descobriu o verdadeiro encanto, mas alguma coisa sempre ficou desse raciocínio de álgebra. Para fazer-se entender, a sua antiga professora, desta disciplina, usava uma linguagem acessível e fácil de assimilar por todos: fome de fome dá fartura.......ou seja – por – dá +!
E...  levando para a vida prática este ensinamento, ali propagado no slogan, a teacher tão bem o aplicou, que nunca sofreu de obesidade, nem de hipertensão e... taquicardia.... só em momentos muito pontuais... quando tem encontros imediatos de 2.º grau (!?) Mas estes... só começaram a ocorrer neste século XXI, que ainda está na  1.ª década da sua vida!

M.ª Donzília Almeida

tags:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


24



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds