de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 21 Dezembro , 2009, 12:17

Presidente do Stella Maris, segundo a partir da direita, com convidados


É preciso construir a Pátria da Fraternidade

No sábado, 19 de Dezembro, realizou-se mais um almoço solidário, por iniciativa do Clube Stella Maris, da Obra do Apostolado do Mar. Destinado a famílias e pessoas que vivem uma certa solidão, o Stella Maris contou com a colaboração de instituições, empresas, outras entidades e pessoas, normalmente disponíveis para a partilha, sobretudo em época natalícia, partilha essa que muitos cultivam durante todo o ano.
O nosso prior, Padre Francisco Melo, em seu nome e em nome do nosso Bispo, que não pôde estar presente por tarefas apostólicas inadiáveis, mostrou a sua gratidão aos que contribuem para que o Stella Maris seja possível, incentivando-os a prosseguir para “vencerem as dificuldades e enfrentarem os desafios para andarmos para a frente”. Disse que era importante que “esta instituição cresça mais para melhor servir”, manifestando a sua alegria pela colaboração prestada pelas instituições ligadas à Igreja. Ainda sublinhou que o nosso Bispo, D. António Francisco, nos lançou recentemente, na sua Mensagem de Natal, o desafio de partilharmos o encontro, contribuindo, de forma concreta, para a construção da “Pátria da fraternidade, da justiça e da paz”.



Aspecto do almoço solidário

Joaquim Simões, presidente do clube Stella Maris, sedeado na Gafanha da Nazaré, na Cale da Vila, disse que esta festa familiar se concretizou pela quarta vez consecutiva, apesar da crise que afecta tudo e todos. E, logicamente, o próprio Stella Maris, por força das profundas alterações que se operaram na área portuária, pela radical diminuição da frota pesqueira portuguesa. Também pela ligação ferroviária ao Porto de Aveiro e pelas novas vias de acesso.



Prior Francisco Melo, à direita, com um jovem colaborador

Desejou a todos os participantes e convidados um Feliz Natal e um bom Ano Novo, prometendo que o Stella Maris tudo fará para continuar no futuro com este almoço solidário. Mas ainda agradeceu aos colegas da direcção, aos Escuteiros e Jovens da Catequese, bem como aos seus dirigentes, a dedicação com que se envolveram neste encontro natalício.
Paulo Costa, vereador da Acção Social da Câmara Municipal de Ílhavo e representante do presidente da autarquia, congratulou-se com a solidariedade manifestada para com pessoas carentes. Prometeu que nas funções que há pouco começou a exercer procurará estar próximo de todos, "para os ouvir", tendo em vista decidir em função das necessidades detectadas. Referiu que temos de assumir as crises, “porque somos Portugal para o bem e para o mal, sem perdermos a esperança em dias melhores”, vivendo sempre em “espírito solidário”.

FM

tags:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9



29


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds