de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 20 Fevereiro , 2009, 11:17

O regresso da pesca, na manhã de ontem, mostra a serenidade do pescador. De pé, sem ondas que o incomodem, o pescador olha quem o aprecia, à entrada da barra de Aveiro. Paredões e pedregulhos completam o enquadramento, com o azul da água salgada e o pequeno barco que volta da faina a sobressaírem. Agora vai ser a venda do peixe e o descanso, ao fim de uma noite de trabalho árduo.
tags:

Fernando Martins a 20 de Fevereiro de 2009 às 19:08
Não ouso tanto, minha cara. Tão-somente escrevo ao sabor da maré, face ao que meus olhos vêem e minha alma sente...

Obrigado pelo poema do Manuel Alegre, poeta que também aprecio, como deves calcular..

Um abraço, com amizade

Fernando Martins

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds