de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 19 Dezembro , 2008, 13:57
13 de Dezembro

No centro comercial, a multidão, fugidia, olha as montras à cata do provável, mas apenas lhe sai o impossível. No ar, as velhas e sempre novas melodias, que nos embalam e nos transportam a natais de misteriosos sonhos. As crises marcam indelevelmente o ânimo dos desempregados que olham com amargura o fim do mês que está longe com o magro subsídio, sempre recebido como esmola. Mas há os que, sem trabalho, ainda ficam mais ricos, com direito a férias nos Alpes Suíços. Um Natal de mágoas para uns; um Natal de alegrias sem peso nem medida para outros.
Os últimos acontecimentos, carregados de problemas sociais, denunciam a fragilidade de conceitos que tínhamos como certos. A inconsistência de teorias políticas e económicas obriga-nos a repensar a vida presente, numa perspectiva de um futuro com mais segurança e com mais paz. O nascimento do Menino Jesus, que o dia 25 de Dezembro nos oferece, como símbolo da fraternidade universal, pode ser o ponto de partida para opções que nos estimulem e indiquem caminhos para a necessária e urgente construção de uma sociedade mais cristã e, por isso, mais solidária.
FM
tags:

zedeportugal a 19 de Dezembro de 2008 às 16:59
Caríssimos,

Venho pedir-vos que, na medida da vossa vontade e da vossa disponibilidade, suportem e ampliem esta causa de vida e de justiça.
http://umjardimnodeserto.nireblog.com/post/2008/12/18/nao-ha-causa-maior-que-a-da-vida
Não mais é possível a passividade face ao verdadeiro genocídio moderno que é o aborto.
São precisas 4000 assinaturas até ao fim do ano nesta petição.
http://www.gopetition.com/petitions/revisaoleiaborto/signatures.html
Bem-hajam.

José de Portugal

Anónimo a 19 de Dezembro de 2008 às 17:57
Seria bom que o espírito fraterno que se acentua no Natal, atenuasse o fosso crescente entre os cada vez mais ricos e os pobres que crescem na mesma proporção. Se o MENINO JESUS viesse colmatar isso...seria cumprida a sua missão! Deixemo-lo alterar as vontades de quem manda neste país, cada vez mais desigual, injusto e atolado no lodo!
DA

Marieke a 20 de Dezembro de 2008 às 01:30
Para si..professor um dos meus poemas preferidos do Natal

Chove. É dia de Natal

Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.
E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.

Fernando Pessoa

Fernando Martins a 20 de Dezembro de 2008 às 16:06
Minha boa amiga

Como é saboroso ler e ouvir boa poesia! E quando ela vem de Pessoa, então, sem se saber porquê, até parece que tem um gosto muito diferente!

Bom Natal

Fernando Martins

mais sobre mim
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9


25
26



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO