de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 10:02

 

Ver e ouvir mais aqui

 

 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 05 Maio , 2010, 12:19

 

A maestrina Joana Carneiro foi desafiada pelo programa da Igreja Católica na Antena 1 a escolher uma música para acompanhar a visita de Bento XVI a Portugal

 

 

 

“Pareceu-me apropriado escolher uma peça do repertório contemporâneo. O Papa falou há poucos meses para os artistas na Capela Sistina sobre a responsabilidade que nós temos, como artistas, de rodear a nossa humanidade com beleza e que a forma como nós vivemos a fé só pode melhorar a relação que o mundo tem com a beleza. E o Espírito pode alimentar esta relação com aquilo que vai para além do terreno e do que é material.

 

Ler mais aqui

 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 19 Abril , 2010, 23:18

 

Isabel Alcobia

 

 

Filarmonia das Beiras apresenta música Barroca

 

O 9.º aniversário da elevação da vila da Gafanha da Nazaré a cidade culminou hoje com um concerto da Filarmonia das Beiras, sob a direcção do maestro Vassalo Lourenço, na igreja matriz. Como solistas, actuaram Mário Marcos Trilha (cravo) e Isabel Alcobia (soprano).

O concerto abriu com música de Johann Sebastian Bach e encerrou da melhor maneira com Georg Friedrich Händel, passando por Arcangelo Corelli e Tomaso Giovanni Albinoni.

Isabel Alcobia interpretou árias de Händel, das Óperas Xerxes e Rinaldo, e duas de O Messias.

Durante uma hora, os sons da música Barroca, com o canto da soprano convidada, encheram o templo de harmonias que nos elevam, desligando-nos dos barulhos do dia-a-dia.

A igreja matriz da Gafanha da Nazaré estava quase cheia de gente de todas as idades, que decerto regressou a suas casas com vontade de voltar a outro concerto, num ambiente onde o sentido do espiritual nos ajuda a compreender melhor a música erudita.

tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Domingo, 04 Abril , 2010, 21:00
Sugestão enviada por Orlando Figueiredo
tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 25 Março , 2010, 20:26

:
O histórico coro virtual
 

Por Alexandre Cruz

 

1. O momento histórico foi a 24 de Março de 2010. Crianças de doze países participaram no cantar do tema «Lux Aurumque» dirigido pelo maestro (virtual) Eric Whitacre. Uma experiência, ao que parece inédita, no campo musical e que se poderá transferir para outras esferas da vida social e cultural global. Os comentários mais apreciadores um pouco por todo o mundo qualificam o resultado de «impressionante» e «surpreendente», mostrando bem as potencialidades positivas das novas tecnologias e do chamado mundo virtual. O YouTube regista o momento histórico das 185 vozes a uma só voz, todos em palco como se fosse real e um maestro situado no seu lugar expressando o ritmo de uma nova ordem de produção cultural com ecos socio-globais.

 

 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 18 Março , 2010, 11:44

“Música na Escola”

 

Com o objectivo de promover uma cultura musical junto dos Alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico do Município, proporcionando-lhes um contacto directo com o a orquestra, os instrumentos e os repertórios de referência da Música Clássica, a Câmara Municipal de Ílhavo volta a aderir ao Projecto “Música na Escola”, da Filarmonia das Beiras, que este ano regressa ao nosso convívio com o espectáculo “O Carnaval dos Animais”, de Camille Saint-Saëns.

Dirigido pelo Maestro António Vassalo Lourenço, e contemplando as cerca de 1.700 Crianças que frequentam as Escolas de 1.º Ciclo do Município, as Sessões Pedagógicas terão lugar nos dias 18 e 19 de Março (Quinta e Sexta-feira) no Auditório do Centro Cultural de Ílhavo, estando previstas quatro Sessões, duas em cada dia, das 09:30 às 10:15 horas e das 10h45 às 11:30 horas. A Sessão de Encerramento realiza-se no Domingo, dia 21, pelas 17h30, com o Concerto de Família (entrada livre), num momento de partilha e interacção entre as Crianças e os seus familiares.

tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 16 Março , 2010, 11:21

Sobre a foto do grupo musical antigo da Gafanha da Nazaré, Rápido Jazz, já há nomes. Vejam aqui.

tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 11 Março , 2010, 13:42

 
 
 
O Centro Cultural de Ílhavo volta a ser o anfitrião, no próximo dia 13 de Março (Sábado), de mais uma edição do FESTILHA – Festival de Tunas de Ílhavo, cujo início está marcado para as 21h30.
 
Estão este ano a concurso quatro Tunas masculinas de várias Universidades do País, nomeadamente a TAULP – Tuna Académica da Universidade Lusíada do Porto, a Tuna Académica da Universidade Fernando Pessoa (Porto), a Desertuna – Tuna Académica da Universidade da Beira Interior (Covilhã) e os Gatunos - Tuna Masculina da Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão do Politécnico do Porto, acompanhadas, extra-concurso, pela Tuna apoiante na organização do evento – a Tuna Universitária de Aveiro, e pela Tuna Feminina da Associação Académica da Universidade de Aveiro.
A apresentação está a cargo dos sempre divertidos Jogralhos - Grupo de Jograis Universitários do Minho, que seguramente contribuirão para mais um espectáculo memorável no Centro Cultural de Ílhavo.
Renovando o espírito irreverente, boémio e tradicional dos jovens estudantes universitários, com toda a sua alegria e músicas absolutamente únicas, esta 12.ª edição do FESTILHA promete casa cheia, sendo já considerado por muitos como um dos maiores e melhores Festivais de Tunas organizados por uma Câmara Municipal.
 
A entrada para o espectáculo é gratuita, encontrando-se os bilhetes disponíveis no Centro Cultural de Ílhavo a partir do dia 9 de Março (Terça-feira).
Não perca esta oportunidade de assistir a uma noite repleta de alegria e saudade e reserve já o seu lugar!
 
 Fonte: CMI
tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Domingo, 07 Março , 2010, 20:40

 

 

tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 23 Fevereiro , 2010, 15:46

 

 

Hallelujah para  recordar o grande músico

 

 

 

 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 16 Fevereiro , 2010, 15:59

 

Carlos Paredes nasceu em Coimbra a 16 de Fevereiro de 1925 e faleceu em Lisboa, a 23 de Julho de 2004 Foi um dos grandes guitarristas e um símbolo da cultura musical portuguesa. Foi responsável pela divulgação e popularidade da guitarra portuguesa e grande compositor.
 
Ouça:
 

http://www.youtube.com/watch?v=k9cqXIk2B04

 

tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 02 Fevereiro , 2010, 16:41
Carlos Sarabando e Fernando Lages

A população das Gafanhas
tem de olhar mais para a sua banda


Numa terça-feira de Janeiro, com muito frio, à noite, ensaiava no Stella Maris, na Gafanha da Nazaré, o Grupo Coral da Filarmónica Gafanhense, uma instituição mais que centenária. Nasceu em Ílhavo em 1836, mas em 1982 resolveu transferir a sua sede para a Gafanha da Nazaré. Nessa altura mudou de nome, trocando Ilhavense por Gafanhense, já que quase todos os componentes eram gafanhões. Foi uma maneira de evitar a morte que se anunciava, segundo os dirigentes de então.
Homens e mulheres da casa dos 40 anos, em média, sob a batuta da professora de música do Conservatório de Aveiro Cristina Ribau, aqueciam gargantas e afinavam tons, num ambiente alegre e descontraído.
O Grupo, em acentuado crescimento humano e musical, tem participado em concertos, sendo o seu reportório constituído por música variada, não faltando a componente litúrgica. Actua, normalmente, em conjunto com músicos da Filarmónica Gafanhense.


Cristina Ribau

Cristina Ribau aceitou o desafio lançado pelo presidente da instituição, Carlos Sarabando Bola, porque o projecto era e é “interessante”. A maioria dos coralistas não sabe música, mas todos mostram grande determinação, ao aceitarem participar neste desafio. Contudo, “por não saberem música, absorvem com gosto as orientações dadas”, sublinha a professora.
Pessoalmente, Cristina Ribau garante que o interesse manifestado por todo o Coral lhe dá “grande prazer”. Também considera muito importante o apoio momento a momento oferecido pela direcção da Filarmónica.
Participar num coral é garantidamente um bem, porque o trabalho em conjunto é enriquecedor para quem canta, ao mesmo tempo que “estabelece amizades e desenvolve o gosto pela harmonia”, salientou a nossa entrevistada. E não será que a harmonia musical contribui para a harmonia de cada um de nós?
Por outro lado, a “música cultiva a emoção, criando nas pessoas a predisposição para descobrir a riqueza musical que está dentro de cada um de nós”, por vezes de forma escondida, adianta a Cristina.
O Grupo Coral está a apostar em melhorar a “expressão nas suas actuações, avançando com peças de estrutura musical mais elaborada”, frisou. “ E a entrada de jovens para o grupo seria uma mais-valia”, concluiu Cristina Ribau.


Fernando Lages, o maestro titular da Filarmónica Gafanhense, residente na Vila da Feira, é simultaneamente o responsável pelas escolas de música. Porque reconhece que as bandas necessitam de rejuvenescer a cada momento, sabe que as escolas de solfejo e de aprendizagem dos mais diversos instrumentos são o melhor suporte para a formação dos executantes. Graças a isso, a Filarmónica é constituída por 40 músicos, 80 por cento dos quais são jovens. O mais idoso tem 79 anos e o mais novo 11. Este último, que toca clarinete, é músico da banda há cinco anos.
O maestro sabe que nos tempos que correm não é fácil atrair jovens para assumirem compromissos. Os desafios são muitos e variados. Urge, pois, “cultivar na juventude a sensibilidade musical, acompanhá-la continuamente no processo de aprendizagem, apoiá-la e incentivá-la a toda a hora”. Por outro lado, não pode faltar “uma pedagogia de exigência, no sentido de que sejam assíduos às aulas, aos ensaios e às actuações”.
Apesar de todo o esforço dos professores e da direcção, há sempre os que desistem. Normalmente, por razões compreensíveis, nomeadamente, académicas, profissionais e mudança de residência.
Quanto ao reportório, a Filarmónica Gafanhense oferece música para todos os gostos e idades.
Música clássica e ligeira, sempre de qualidade, adequada ao público para quem actua, aos ambientes e situações, tanto em festas como em cerimónias cívicas e religiosas.
Fernando Lages afirma, com convicção, que as Filarmónicas são uma grande escola de música, que não descura o factor social e humano.
O presidente da direcção, Carlos Sarabando, fala com entusiasmo desta colectividade, que é a mais antiga do Concelho de Ílhavo.
Tem um orçamente algo limitado, de cerca de 40 mil euros anuais, sendo certo que o crescimento da Filarmónica, a vários níveis, tem sido contínuo, desejando, contudo, crescer muito mais. Reconhece que a população da terra ainda se não habituou a olhar para a banda com o entusiasmo que gostaria e de que a colectividade precisa, daí a vontade que o anima de provocar um melhor casamento entre o povo das Gafanhas e a sua banda de música. Para este orçamento, a associação conta com o apoio da Câmara Municipal de Ílhavo e da Vista Alegre, mediante acordos de cooperação.
Além da Filarmónica, a instituição tem o Coral, uma Banda Juvenil e uma Orquestra com músicos que também são executantes na banda, movimentando mais de cem pessoas, de ambos os sexos.
A colectividade tem 300 sócios mas as perspectivas apontam para 500 até ao fim do ano. Ainda neste ano do centenário da freguesia da Gafanha da Nazaré vais ser gravado um CD.

Fernando Martins
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Domingo, 20 Dezembro , 2009, 14:50


"Adeste Fideles" para este domingo, com os meus votos de Santo Natal para todos.


Fernando Martins
tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Segunda-feira, 02 Novembro , 2009, 16:51


Xilofone

 Na Casa-Museu Afonso Lopes Vieira, em S. Pedro de Moel, vi este xilofone de búzios, cujo som não pude apreciar. Vale pela originalidade, como demonstração de que a imaginação do homem não tem limites.  Ontem como hoje e sempre.
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 15 Outubro , 2009, 10:29
[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] $r>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://4.bp.blogspot.com/_edOTyb048mE/StboCOzvZnI/AAAAAAAAMww/8hsfBNTzaPU/s1600-h/Jacintajazz.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img $r="true" border="0" src="http://4.bp.blogspot.com/_edOTyb048mE/StboCOzvZnI/AAAAAAAAMww/8hsfBNTzaPU/s200/Jacintajazz.jpg" /></a><br /></div><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><span style="font-size: x-small;">Jacinta</span><br /></div><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><br /></div><div style="text-align: justify;">Temas de Bob Marley, Stevie Wonder, Beatles,Nina Simone, Bee Gees, Beach Boys, entre outros, fazem parte do novo CD de Jacinta, denominado  "Songs of Freedom-Hits from the 60s,70s,and the 80s".<br /></div><div style="text-align: justify;">Esta podução discográfica representa a apresentação de Jacinta no seu último espectáculo,  no Centro Cultural de Ilhavo, que voltou a encher com um público participativo e entusiasta, não só da música de Jazz, mas também da voz da artista da Gafanha da Nazaré.<br /></div><div style="text-align: justify;"><br /></div><div style="text-align: justify;">Uma pergunta: Para quando um espectáculo na Gafanha da Nazaré?! Será por não haver sala condigna? Penso que sim. Aliás, o Centro Cultural da Gafanha da Nazaré está em obras de ampliação e reestruturação. Depois, penso que a Jacinta já terá espaço à altura da sua arte e dos seus muitos fãs. <br /></div><div style="text-align: justify;">Já agora, permitam-me mais uma achega. Quando eu era jovem, a Gafanha da Nazaré tinha sala de cinema e teatro, na Cale da Vila, de iniciativa privada. Era, então, uma simples aldeia. Depois, talvez pela concorrência de Aveiro, morreu. E presentemente, cidade, a Gafanha da Nazaré não tem uma sala de cinema. Apenas o Centro Cultural, da responsabilidade da Câmara Municipal, está aberto a espectáculos. Penso que já era tempo de os privados apostarem nas artes. É que, os que gostam de cinema, em sala própria, que dá outro encanto aos filmes, têm de ir a Aveiro, como eu o faço de quando em vez.<br /></div><div style="text-align: justify;"><br /></div>
tags:
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO
subscrever feeds