de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Sexta-feira, 01 Maio , 2009, 08:19


Não importa revisitar hoje a História para explicar as razões da celebração do 1.º de Maio como Dia do Trabalhador. Importa, isso sim, compreender a alegria com que muitos homens e mulheres comemoram a data que os distingue como pessoas dignas de ocuparem um lugar cimeiro do pódio dos construtores do mundo. Os trabalhadores de qualquer área são realmente os protagonistas da História.
De facto, da sua inteligência, das suas mãos, da sua criatividade, da sua sensibilidade, da sua ousadia, da sua determinação, da sua coragem e da sua persistência brotam os alicerces seguros do futuro da humanidade. Daí a alegria que sentem no dia que lhes é dedicado, no dia em que são olhados com precursores de um mundo novo.
Sombras carregadas de negro podem toldar a alegria de muitos trabalhadores. As crises económicas, provocadas, em grande parte, por ambiciosos e exploradores sem alma e por gente sem escrúpulos, aí estão a dizer a todos os homens e mulheres de boa vontade que a unidade de quem trabalha é, mais do que nunca, imprescindível, para a construção de um amanhã mais risonho, porque mais solidário.
Flores e palmas para quem assume o trabalho como direito e dever, mas também como símbolo da dignidade humana e da fraternidade universal.

Fernando Martins
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO