de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Domingo, 25 Fevereiro , 2007, 10:21

AQUELA TRISTE E LEDA MADRUGADA


Aquela triste e leda madrugada,
Cheia toda de mágoa e de piedade,
Enquanto houver no mundo saudade,
Quero que seja sempre celebrada.

Ela só, quando amena e marchetada
Saía, dando à terra claridade,
Viu apartar-se de uma outra vontade,
Que nunca poderá ver-se apartada.

Ela só viu as lágrimas em fio,
Que de uns e de outros olhos derivadas,
Juntando-se, formaram largo rio.

Ela ouviu as palavras magoadas
Que puderam tornar o fogo frio
E dar descanso às almas condenadas.
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Fevereiro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


18
19



arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO