de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 07 Novembro , 2007, 09:45


Ontem, no Parlamento, esteve em discussão o Orçamento de Estado, com os resultados previstos de uma vitória que conta, natural e exclusivamente, com os votos do PS, partido que sustenta o Governo. Da análise do Orçamento, os portugueses pouco ficaram a saber, porque os deputados se limitaram a dar um espectáculo bem ao jeito da Revista à Portuguesa, que criou escola lá para as bandas de Lisboa.
Como nas revistas do Parque Mayer, onde não falta nunca um quadro especial, protagonizado, como sempre, pelos actores mais cotados, normalmente cómicos, também ontem isso aconteceu. Na Assembleia da República, marcaram presença todos os tradicionais ingredientes revisteiros, a que os nossos parlamentares já nos habituaram há muito. Desta feita, Sócrates e Santana Lopes, os tais actores principais da Revista, brindaram-nos com frases bem medidas e oportunas, mas que nada tinham a ver com o Orçamento. Tinham a ver, isso sim, com o apelo às palmas acaloradas e aos risos cúmplices, de ambos os lados da contenda, para desopilar o fígado… As televisões estavam à espera para mostrar tudo, até porque o espectáculo revisteiro tinha sido bem preparado e bastante divulgado, para ninguém perder pitada. Do que interessava aos portugueses e do seu futuro, nicles!
Fernando Martins
tags:
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Novembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9



28


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO