de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quarta-feira, 21 Março , 2007, 10:16
Primavera

Três poemas para sentirmos os cheiros e as cores de mais uma Primavera, como sugeriu a amiga Sara que mos enviou. Que a Primavera traga a todos alegria e ternura.
:
BERÇO
A cegonha chega ao ninho
Que tão alto ali a espera
Procura berço do Sol
Seu berço de Primavera.
Vem de longe muito longe
Em viagem tão comprida
Quem não amar este berço
Sabe tão pouco da vida
.

Matilde Rosa Araújo
(retirado do livro "As Fadas
Verdes")
:
ÁRVORE
A semente dorme na
placenta, húmida, da
Terra. Mas começam a
percorrê-la murmúrios
de água e Primavera.
Torna-se raiz e caule,
irrompe da sua
prisão sem luz para
beber os ventos e a
claridade do dia. O
tronco firma-se como
um mastro e caminha
para os céus, claros,
num apelo a ninhos.
Em breve, brevezinho,
desfralda-se em ramos
e folhas que atraem
uma floração de asas e
de cânticos. E a árvore
começa a ser, a dar e a
permitir vida.

Luísa Dacosta

(texto incluído na colectânea organizada por
José António Gomes "Conto Estrelas em Ti")
:
PRIMAVERA
A romãzeira borda
o sorriso do sol
no lenço dos namorados


João Pedro Mésseder
e Francisco Duarte Mangas
(retirado do livro "Breviário do Sol")
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Março 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

17

24

27
28


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO