de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 17 Dezembro , 2009, 23:33



O documentário Mar Português, de Francisco Manso, já foi apresentado, em antestreia, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.
O Porto de Aveiro foi uma das instituições que apoiaram a produção da obra, a par do Ministério da Cultura / Instituto do Cinema e Audiovisual. O guião é da autoria de Álvaro Garrido, professor universitário e consultor do Museu Marítimo de Ílhavo.
Teresa Patrício Gouveia da Fundação Gulbenkian, Jorge Wemans, director da RTP2, Francisco Manso, Mário Ruivo, Presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS) e Mário Soares, Presidente da Comissão Mundial Independente para os Oceanos, foram alguns dos oradores numa antestreia bastante concorrida.
Mar Português vai ser exibido este sábado, dia 19 de Dezembro, pelas 21h, na RTP2.
Mais detalhes sobre o documentário disponíveis no site da RTP

Fonte: Porto de Aveiro
tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 17 Dezembro , 2009, 22:57

Os cristãos celebram no Natal o nascimento do Filho de Deus que veio habitar connosco e que faz renascer em nós e no mundo alegria e esperança.

Sonhamos com um Natal de todos e para todos. Sabemos, porém, que nem sempre estamos abertos e disponíveis para viver e celebrar Natal de encontro com Deus e de compromisso solidário e fraterno com os irmãos na construção do bem comum.
Sonhamos ainda com um Natal que seja fermento de uma cultura da caridade na verdade, unindo e responsabilizando pessoas e povos na alegria de servir e de amar.
Não haverá Natal verdadeiro, aquele de que o mundo precisa, sem Jesus, o Filho de Deus.
Na proximidade do Natal que se avizinha e na azáfama própria destes dias sentimo-nos envolvidos por gestos e sinais, por luzes e cores que nos falam de um mundo mais belo e de um tempo mais feliz.
Nos convites e mensagens que cruzamos interroguemo-nos sobre quem acolhemos e convidamos para viver Natal connosco e sobre quem esquecemos em continuadas celebrações de Natal.
Abram-se as portas do coração e da vida das pessoas, das instituições e das comunidades cristãs para levar o Natal aos que vivem a fé com alegria e encanto e através deles às famílias sem paz, aos lares sem pão, às empresas em dificuldade, às crianças sem amor e aos idosos sem ninguém, fazendo brilhar a estrela do Natal em olhares magoados pelo medo e pela pobreza!


Natal é tempo de tomar o Evangelho à letra e de aí encontrar a frescura de uma vida nova que Jesus nos trouxe.
Natal é oportunidade de nos deixarmos transformar pelos valores, que no Evangelho se inspiram e fazem dos cristãos fermento de uma cultura da caridade na verdade, unindo e responsabilizando pessoas e povos na alegria de servir e de amar.
Natal é ambiente propício para nos deixarmos tocar pelo encanto das palavras ditas com o coração, para vivermos o fascínio do belo que no presépio se desenha e para nos fazermos à estrada por caminhos novos, a exemplo dos Magos regressados de Belém. É este Natal que queremos viver.
O anúncio festivo dos Anjos em Belém quebrou o silêncio da noite para o transformar em momento único de contemplação do Filho de Deus, ali nascido.
Anuncio-vos o Natal de Jesus que não pode ser apenas pão de um só dia em mesas de famílias sem trabalho, sem amor e sem futuro.
Jesus nasceu para habitar no meio de nós, para nos dar a Igreja educadora da nossa fé e fundamento da nossa esperança e para nos responsabilizar na construção de um mundo novo que seja pátria da fraternidade, da justiça e da paz. Sejamos mensageiros deste Natal.
Neste Natal exclamo com renovada alegria: Jesus Cristo: minha fé e minha esperança!
Um santo Natal, vivido na alegria de amar a Deus e servir aqueles que Deus ama!

Aveiro, 15 de Dezembro de 2009

+António Francisco dos Santos,
Bispo de Aveiro

tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 17 Dezembro , 2009, 22:45
Somos mesmo um País complicado

Se há poucas semanas a ministra da Cultura afirmou que o acordo ortográfico entrará em vigor já no início do próximo ano, ontem, a ministra da Educação disse que a sua aplicação não está prevista para os próximos tempos. A Associação dos Professores de Português (APP) e a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) estão preocupadas e à espera de uma reunião com a tutela.

A aplicação do acordo ortográfico nas escolas não vai entrar em vigor no próximo ano, anunciou a ministra da Educação Isabel Alçada, ontem, questionada pelo PÚBLICO. "Estamos a definir a estratégia mas ainda não estão definidas metas. Não é no próximo ano ainda, [porque] temos que fazer todo um trabalho com os diferentes parceiros para definir a forma como o acordo ortográfico será introduzido", disse.


Ler mais aqui

 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Quinta-feira, 17 Dezembro , 2009, 14:17


Há cartões de Boas Festas que ultrapassam em muito o trivial. Como este que aqui ofereço aos meus leitores. Encontrei-o na USF Beira Ria, na Gafanha da Nazaré, onde fui hoje inscrever-me para ser vacinado contra a Gripe A. Vale bem uma leitura atenta.
Boas Festas para todos.

Fernando Martins
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9



29


arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO
subscrever feeds