de Fernando Martins
Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 18 Agosto , 2009, 22:19



O José Vilarinho enviou-me, há dias, notas do seu diário de bordo, com belíssimas fotografias. Umas já as publiquei. Outras ficaram em arquivo. Como algumas pessoas me falaram da beleza das fotografias, aqui ficam mais duas, para regalo de quem sabe apreciar coisas bonitas.
.
Ver mais aqui
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 18 Agosto , 2009, 22:14
A Gafanha foi feita pelos gafanhões. Com suor, muito suor, e lágrimas. Humanizou as dunas como ninguém o havia feito.

Leia aqui
tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 18 Agosto , 2009, 16:52
Festival do Bacalhau de 2008


FESTIVAL DO BACALHAU NO JARDIM OUDINOT


No âmbito das Festas do Município de Ílhavo - Mar Agosto 2009 –, vai realizar-se de 19 a 23 de Agosto, como tenho vindo a anunciar, o Festival do Bacalhau no Jardim Oudinot, na Gafanha da Nazaré. A Cerimónia de abertura do festival vai decorrer amanhã, quarta-feira, dia 19 de Agosto, pelas 18 horas, no “Porão de Salgado” do Navio-Museu Santo André.
A dimensão socioeconómica e cultural do bacalhau é uma aposta fundamental que a Câmara Municipal de Ílhavo tem vindo a assumir de forma crescente, numa opção pela diferenciação do Município de Ílhavo, enquadrada na frase “O Mar por Tradição”.
O Festival do Bacalhau integra diversas actividades e espectáculos, bem como a Mostra Gastronómica das Tasquinhas de Bacalhau, que conta com a presença de nove Associações, nomeadamente, a Confraria Gastronómica do Bacalhau, Grupo Etnográfico da Gafanha da Nazaré, Rancho Regional da Casa do Povo de Ílhavo, Confraria Camoniana, Associação de Solidariedade Social da Gafanha do Carmo, Associação Cultural e Recreativa Chio-Pó-Pó, Grupo folclórico “O Arrais”, Grupo de Jovens “A Tulha” e Bombeiros Voluntários de Ílhavo. Haverá, ainda, venda de padas de Vale-de-Ílhavo, mostra e provas de vinhos, matinées de cinema ao ar livre (em ecrã gigante), bares com esplanadas, mostras de artesanato, stand de exposição de empresas, animação para crianças e concertos nocturnos, com as “Just Girls”, “Roberto Leal”, “José Cid”, “Per7ume” e “Rita Guerra”.
.
Ver programa aqui
.
Fonte: CMI
tags:
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 18 Agosto , 2009, 13:23

D. Manuel de Almeida Trindade
tinha grande admiração
pelo padre Jeremias
.
No domingo participei na eucaristia das 11.15 horas, na igreja matriz da Gafanha da Nazaré, presidida pelo padre Jeremias Vechina, meu colega da escola primária, na já famosa, para os da minha idade, Escola da Ti Zefa. Não via o padre Jeremias há anos e gostei de estar com ele alguns minutos. Esteve doente há pouco tempo. "Desta safei-me", disse-me. Também gostei da homilia que fez, com nível, ou não fosse ele um conhecido especialista em espiritualidade.
Quando cheguei a casa veio-me à memória o tempo da escola. E dele recordei a alegria natural e permanente, bem como a facilidade com que fazia amizades com todos os colegas. Ainda recordei a sua caligrafia, com a inclinação para trás, ao contrário do que era habitual.
Depois, a minha memória continuou até que cheguei à admiração que D. Manuel de Almeida Trindade, que foi Bispo de Aveiro, tinha pelo padre Jeremias e pela sua cultura espiritual, como um dia me disse. E fui à cata de algum escrito de D. Manuel, onde essa admiração estivesse patente. Localizei, então, no livro do nosso antigo bispo - Apontamentos de Retiros - um retiro orientado pelo padre Jeremias, em Fátima, entre 13 e 17 de Junho de 1983.
Só algumas passagens:

Conferência da manhã:

“Uma conferência doutrinalmente profunda. O Padre Jeremias começou por evocar o centenário da morte de Santa Teresa de Ávila e o papel que ela desempenhou no século em que viveu. O seu papel foi servir de ponte: ensinou os teólogos (teólogos da escolástica decadente) a rezarem e a serem ‘espirituais’: e ensinou os espirituais a recorrerem à teologia (e aos teólogos) para que a sua espiritualidade tivesse fundamentos sólidos e não fosse devocionismo epidérmico.”
Mais adiante, diz: “Belas palavras as do Padre Jeremias acerca da esperança a partir do pensamento de S. João da Cruz.”

Outra Conferência da manhã:

“Bela conferência do Padre Jeremias sobre a maneira como o homem provocou a ausência de Deus e como Deus procura afirmar a sua presença de amor, chegando a sentar-se no banco dos réus, no lugar do homem… Esta ‘ausência’ de Deus é sentida pelos místicos da maneira mais viva. S. João da Cruz fala nas ‘noites escuras em que Deus parece que se esconde – os terríveis silêncios de Deus!”

Fico-me por aqui para não cansar os meus leitores. Apenas quis recordar o meu amigo padre Jeremias, sublinhando, levemente, a sua espiritualidade e a admiração que D. Manuel de Almeida Trindade tinha por ele.

Fernando Martins
 O que é? | partilhar

Editado por Fernando Martins | Terça-feira, 18 Agosto , 2009, 12:38


Esta exposição, patente ao público até 27 de Setembro, reúne um conjunto de obras de jovens criadores que, após um longo tempo de aprendizagem, se disponibilizaram a participar nesta mostra promovida pelo Centro Cultural de Ílhavo. Trata-se de uma acção fundamental para promover a criação artística de todos os que escolheram esta área de intervenção.
A motivação subjacente à realização desta exposição revela-se como uma oportunidade de apresentação do trabalho desenvolvido por jovens artistas plásticos.
tags:
 O que é? | partilhar

mais sobre mim
Agosto 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





arquivos
as minhas fotos
pesquisar neste blog
 
Contador - 1
blogs SAPO
subscrever feeds